mulher

Grãos, cafeína e frutos do mar ajudam na concentração

concentracao alimento comida

Algumas pessoas tem dificuldade em se manterem concentradas em seu trabalho, com os estudos e até mesmo com simples  atividades do dia a dia. Na maioria das vezes, a falta de concentração é um fator comum, normal, e pode ser desencadeado por conta dos alimentos que estão sendo ingeridos. Outras pode ser uma complicação maior e precisar de tratamento.

De acordo com a Dra. Tereza Cristina Porazza Cibella, nutricionista especializada em nutrição desportiva e qualidade de vida, não seguir uma dieta balanceada prejudica a mente de uma pessoa. "A alimentação desregulada, com alimentos pesados e calóricos, dificulta a concentração, pois sua digestão é mais lenta e as demais funções do corpo são prejudicadas, como a atenção, causando fadiga e sono", afirma. Também é importante evitar o consumo de alimentos ricos em carboidratos brancos, gordura e açúcares, pois eles causam indisposição depois de ingeridos por serem mais pesados e, consequentemente, terem uma absorção mais lenta pelo organismo.

São vários os alimentos que podem ser ingeridos nas refeições diárias para ajudar a dar mais foco e atenção durante o dia. Há até estudos que afirmam que a cafeína ajuda na memória e na concentração, assim como nos erros cometidos durante o expediente no trabalho, por ser um leve estimulante do sistema nervoso central. A Dra. Tereza comenta sobre como alguns alimentos podem ajudar na sua concentração

Carboidratos integrais

"Pães, massas, arroz, biscoitos, quinoa e aveia são formadores de energia e ricos em fibras, o que ajuda a transformar a glicose lentamente, contribuindo com a concentração".

Fontes de zinco

"Ovos, ostras, caranguejo, laticínios e fígado são alguns dos alimentos que têm função reguladora, atuando na atividade neuronal, memória e concentração".

Fontes de ferro

"Feijão, grão-de-bico, ervilha, lentilha, espinafre, agrião, couve são alguns dos alimentos que tem como função carregar o oxigênio para os tecidos, inclusive para o cérebro, o que ajuda na concentração"

Frutas cítricas

"Elas são fontes de vitamina c, um poderoso antioxidante que participa da atividade química do cérebro".

Óleos vegetais

"São ricos em vitamina e, poderoso antioxidante importante que ajuda a evitar danos nas fibras nervosas".

Fontes de cafeína

"Café, chá preto, guaraná e chocolate meio amargo são algumas das substâncias que auxiliam na concentração e memória. Quando consumida em excesso a cafeína pode ter efeito contrário ao esperado, no caso do café o indicado é o consumo de no máximo quatro xícaras pequenas por dia".

Outros

"Grãos, alho, carne, frutos do mar, castanha-do-pará, amêndoas, nozes e abacate são fontes de selênio, um mineral que auxilia na serotonina, dopamina e acetilcolina, substâncias transmissoras de mensagens entre os neurônios".

"Dentro de uma alimentação balanceada o ideal seria que todos esses alimentos estivessem presentes, seja nas refeições principais ou em lanches intermediários", diz a especialista. Além de manter uma alimentação balanceada, a nutricionista indica a prática constante de atividades físicas para auxiliar tanto na parte mental como em relação à ansiedade já que com elas são liberados a endorfina e adrenalina, importantes neurotransmissores.

No vídeo abaixo você pode conferir algumas dicas para turbinar a sua energia e ter alta disposição para levar o dia com muita concentração.