mulher

Frutas Oleaginosas emagrecem mesmo sendo ricas em gorduras

oleaginosas frutas dieta corte1
Shutterstock

Pelo nome do grupo, talvez você não as reconheça, mas as frutas oleaginosas são bem famosas. Entre elas estão as deliciosas castanhas-do-pará, castanhas-de-caju, nozes, amêndoas, avelãs e macadâmias, entre outras. Sobre elas costuma se dizer das muitas calorias e grandes quantidades de gordura. Mas, apesar de ser verdade, as frutinhas podem também fazer muito bem à saúde e ainda auxiliar no emagrecimento.

Leia também

Antes tratado como vilão, ovo é amigo da dieta e ajuda a emagrecer

Suco de uva integral emagrece, dá saúde ao coração e faz viver mais

Gergelim seca a barriga e ajuda a conquistar cinturinha dos sonhos

A relação parece estranha? A nutricionista Flávia Cyfer explica. "Na verdade, elas apresentam uma alta concentração de gorduras boas: monoinsaturadas (mesma do azeite) e poli-insaturadas. Por conta disso, têm muitas propriedades antioxidantes", comenta.

Benefícios das frutas oleaginosas

Esses antioxidantes são os grandes responsáveis pelos imensos benefícios das oleaginosas. Eles combatem as inflamações do organismo, o que faz com que as células funcionem muito melhor e não acumulem gordura. Sem o acúmulo, além de o corpo se manter em forma, a circulação sanguínea acontece de maneira muito mais saudável, evitando assim as doenças cardiovasculares.

[[{"fid":"","view_mode":"default","fields":{"format":"default","field_file_image_description[und][0][value]":""},"type":"media","link_text":null,"attributes":{}}]] Castanha-do-Pará contém selênio e, além de emagrecer, também combate o câncer (Créditos: Shutterstock)

Também apresentam boas quantidades de fibras e proteínas. Mas, mais do que essas qualidades em comum, cada uma delas tem características e benefícios próprios. A castanha-do-pará, por exemplo, tem como principal nutriente o selênio, importantíssimo para combater alguns tipos de câncer e queimar gorduras. Já a castanha-de-caju é muito rica em zinco e cobre, dois minerais que combatem o excesso de radicais livres.

Como consumir

Os altos números de calorias não assustam, desde que elas sejam consumidas da maneira certa: em pequenas quantidades. "São calóricas porque são compostas de gordura e têm mais gordura por grama do que carboidratos ou proteínas. Mas, usada na quantidade certa é possível perder peso. Se exagerar, vai engordar", alerta a especialista.

Segundo Flávia, um adulto pode comer por dia no máximo duas unidades das castanhas-do-pará. Para a castanha-de-caju, uma colher de sopa é o limite, assim como para avelãs. Se a opção forem amêndoas, a medida é uma colher de sopa. Nozes são permitidas apenas de duas a três unidades.

Também é possível consumir as oleaginosas batidas com sucos. Curtiu? Assista ao vídeo e veja duas receitas de bebidas para secar barriga - uma delas leva castanha!