Dieta Ravenna emagrece até 7 kg por mês mudando relação com a comida

barriga emagrecer dieta 650
Thinkstock

Já ouviu falar da dieta Ravenna? O método propõe o emagrecimento a partir de uma brusca alteração dos hábitos alimentares, acompanhada de um processo psicológico para a mudança. Dentre seus princípios, estão a reduzida quantidade de calorias, a preferência por alimentos de baixo índice glicêmico, a restrição de comidas muito saborosas e a compreensão de que o sobrepeso e a obesidade não são problemas isolados, ao contrário, têm motivos emocionais e causam impacto na saúde do corpo todo. Conversamos com o médico Máximo Ravenna, criador da dieta, e contamos como fazer dieta Ravenna para emagrecer. Veja a seguir.

Leia tambémTop 10 dietas para emagrecer rápidoReceitas Dukan: aprenda pratos da dietaFamosas fazem dieta sem glúten para perder peso em poucos dias

Calorias por dia

dieta ravenna
Imagem: Thinkstock

A dieta é personalizada, portanto, a quantidade de calorias da dieta Ravenna varia de acordo com as necessidades de cada pessoa. Em média, são permitidas 800 calorias para quem está na primeira fase do tratamento.

Perda de até 7 kg por mês 

Os pacientes perdem de 5% a 7% do seu peso ao mês, o que, para uma pessoa de 65 kg, são 4,5 kg, e para alguém com 100 kg significa 7 kg a menos. "Uma mulher com 100 kg, por exemplo, pode projetar, com segurança, subir na balança e comemorar a chegada aos 65 quilos em nove meses, considerando o resultado mínimo do método", explica Máximo Ravenna.

Alimentos liberados 

Alimentos ricos em fibras e com baixo índice glicêmico recebem destaque nessa dieta. "Eles não são estimulantes, auxiliam no controle da saciedade, reduzem compulsões e colaboram para o bom funcionamento intestinal", explica Máximo. Ação contrária aos alimentos de alto índice glicêmico, que aumentam a secreção da insulina, responsável pelo aumento da fome e o desejo de comer ainda mais comidas à base de açúcar e farinhas. Assim, frutas e verduras serão as fontes de carboidratos da dieta.

Frutas cítricas, proteínas magras, como peixes e frango, alimentos termogênicos e líquidos com baixas calorias também estão recomendados. A eliminação rápida de peso é um dos princípios do Método Ravenna, uma vez que ver os resultados logo é um excelente motivador, por isso refeições livres não são permitidas.

Alimentos proibidos

Açúcares e carboidratos refinados ou processados devem ser eliminados da dieta, pois afetam o cérebro e causam dependência. Frituras, queijos bem amarelados e doces industrializados também devem ser riscados da sua lista de compras. Depois de alcançado o peso ideal, será feita uma transição alimentar, reintroduzindo esses alimentos aos poucos na dieta, para identificar qualquer possível alteração de conduta provocada por comidas que tendem a desencadear o comer excessivo. Também são cortados alimentos de alta palatabilidade, ou seja, tão gostosos que podem criar uma indesejada ligação entre comer e sensação de prazer.

Essas mudanças, segundo Máximo Ravenna, melhoram notadamente a qualidade de vida de seus pacientes. "É comum ouvir dos pacientes, ao longo do tratamento, que estão se sentindo com mais energia e livrando-se de remédios que antes usavam diariamente, seja para insônia, depressão, diabetes ou pressão alta, entre outros", conta.

Cardápio da dieta Ravenna

dieta ravenna 2
Imagem: Thinkstock

São feitas quatro refeições por dia: café da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar. O reduzido número tem como objetivo fazer uma desconexão da comida, deixando de passar o dia todo em função dela.

Café da manhã e lanche da tardeIogurte natural desnatado com frutas ou café com leite e omelete ou café com leite, 2 fatias de queijo branco e duas fatias de peito de peru.

Almoço e jantarEntrada: um caldo, que tem como função reduzir o ritmo e a ansiedade, seguido de uma salada.Prato principal: uma proteína com acompanhamentoSobremesa: fruta.

Equipe profissional da dieta Ravenna

A dieta Ravenna é um método de emagrecimento que além de uma dieta personalizada, inclui atividades físicas, acompanhamento médico e grupos terapêuticos. Nutricionista, psicólogo, educador físico e médico irão te acompanhar durante a perda de peso. Depois da avaliação feita por todos esses profissionais, é elaborado um intenso plano de trabalho.

Apoio psicológico

As pessoas que fazem a dieta Ravenna são orientadas a participarem, pelo menos duas vezes por semana, de grupos terapêuticos. Esses encontros são realizados inclusive aos sábados, domingos e feriados, pois se entende que estes são os dias em que as pessoas mais engordam. É um lugar para dividir sucessos e insucessos com outros pacientes e psicoterapeutas. ‘O paciente expõe o seu padrão de relação com a comida e passa a resignificar esse valor exacerbado dado ao alimento’, explica o idealizador do método. ‘E cada paciente, ao ver que o outro consegue, tem nesse ‘espelho’ um fator de motivação e comprometimento com o tratamento’.