mulher

Chocolate ao leite engorda mais e deve ser substituído pelo amargo

chocolate leite amargo engorda doce
Shutterstock

São muitos os benefícios e malefícios do chocolate para a saúde. Entre tantas informações, a principal é: fuja dos chocolates ao leite! Além de muito mais calórico, ele não tem os nutrientes necessários para promover melhorias.

Leia também

Conheça a dieta que promete emagrecer comendo chocolate!

Chocolate ajuda a curar pé na bunda, mas pode causar dependência

Aprenda a receita de pão de chocolate irresistível

"Não existem benefícios gerados por comer chocolate ao leite, já que ele não tem diversas substâncias, como os antioxidantes. Isso porque ele é feito muito mais da manteiga do cacau do que da própria massa de cacau", explica a nutricionista Brunna Reis, que apresenta alternativas. "Quem sentir vontade de comer chocolate deve optar pelo amargo ou, no máximo o meio-amargo. Esses dois tipos (o primeiro mais) são capazes de diminuir risco de doenças vasculares, fazem bem para a pele, ajudam a prevenir contra o Alzheimer, trazem bom humor e ainda por cima podem ser afrodisíacos", completa.

Isso tudo se o chocolate for consumido com moderação. A especialista indica 30 gramas diárias para não engordar. "O excesso aumenta os níveis de gordura ruim (saturada), o acarreta em ganho de peso, triglicérides e colesterol altos e, no futuro, pode refletir em uma doença cardiovascular. Além disso, o açúcar presente no doce também pode desencadear em diabetes do tipo 2", alerta a nutricionista.

Para evitar a compulsão, a solução é optar por uma alimentação equilibrada. Brunna afirma que isso é possível quando existem nas refeições alimentos que pertençam ao grupo dos macronutrientes (carboidrato, proteína e gordura) e micronutrientes (vitaminas e minerais). "Essa combinação variada permite um corpo livre de qualquer impulso em busca de chocolate", finaliza.