Cápsula de spirulina promete emagrecer e dar saciedade

spirulina emagrece saciedade
Thinkstock

Muitas são os alimentos e substâncias que auxiliam o emagrecimento, como os termogênicos, chás e sucos detox. A spirulina, também chamada de espirulina, não é nenhuma novidade, mas frequentemente volta à tona nas dietas.

Leia também

Gelatina detox de ágar-ágar emagrece e derrete a gordura

Sucos detox: 5 receitas para desinchar

Beber água morna com limão emagrece e melhora o sistema imunológico

Guilherme Giorelli, médico nutrólogo da Associação Brasileira de Nutrologia (Abran), e a nutricionista Silvia Lancellotti explicam propriedades, benefícios e contraindicações das cápsulas de spirulina.

O que é

Segundo Silvia, a spirulina é uma alga verde azulada, composta por até 70% de proteínas, usada para auxiliar a perda de peso.

Propriedades e benefícios

De acordo com a nutricionista, a spirulina é rica em fibras, que promovem a sensação de saciedade e facilitam o trânsito intestinal, e contém clorofila, pigmento de cor verde que tem ação antioxidante. Com essas propriedades, ela é considerada aliada do processo de emagrecimento. O médico nutrólogo destaca que a eficácia da spirulina em promover a saciedade ainda está sendo cientificamente estudada.

[[{"fid":"","view_mode":"default","fields":{"format":"default","field_file_image_description[und][0][value]":""},"type":"media","link_text":null,"attributes":{}}]] A spirulina é composta por 70% de proteína / Crédito: Thinkstock

"Ela é rica em vitaminas do complexo B (B1, B2 e B6), ferro e proteínas. Por isso, é uma excelente fonte de nutrientes, o que ajuda diversos processos metabólicos do organismo, com o sistema imune", explica o nutrólogo. A substância ainda combate a fadiga e o cansaço e ajuda a controlar a ansiedade.

Contraindicação

A especialista Silvia destaca que a spirulina não utilizada durante a gravidez e lactação e por crianças. "Pacientes que utilizam imunossupressores também não deve recorrer às cápsulas da alga", completa Giorelli.

Como consumir

"Como ela não é um nutriente essencial, não há uma recomendação diária. A dose efetiva da spirulina vai de um grama a cinco gramas por dia. Sendo que, acima de 1,5 g/dia o ideal é que seja consumida com orientação de um especialista", ensina Silvia. Para Giorelli, a quantidade não deve ultrapassar três gramas por dia. "A spirulina deve ser consumida antes das principais refeições, almoço e jantar, a fim de reduzir o apetite e favorecer a perda de peso", finaliza Silvia.