mulher

Aveia depois do treino é erro que compromete ganho de massa; saiba comer

como e quando comer aveia
Thinkstock

Tudo é uma questão de índice glicêmico. O IG se refere à velocidade com a qual o carboidrato de um alimento aumenta os níveis de glicose no sangue. Carboidratos de alto índice glicêmico (como massas e pães brancos) têm rápida digestão e absorção, chegando rapidamente à corrente sanguínea. Isso eleva os níveis de glicose, aumentando a secreção e os picos de insulina no sangue.

Leia também:4 maneiras deliciosas de consumir aveiaMingau de aveia emagrece: saiba consumir e anote receitaReceita de brownie de chocolate com aveia

Carboidratos de baixo índice glicêmico (como a aveia e outros grãos integrais) têm digestão e absorção mais lentas, chegando aos poucos na corrente sanguínea, mantendo baixos os níveis de insulina. Quando utilizados nos momentos adequados, os carboidratos podem trazer muitos benefícios para a prática esportiva, como mais energia para o treino, melhor recuperação muscular e menos acúmulo de gordura localizada.Por tudo isso, a aveia que é uma fonte riquíssima de fibras, e é um carboidrato de baixo índice glicêmico, atrapalha a chegada de energia rápida ao músculo, tão necessária para repor a energia muscular perdida. Diferente dos carboidratos com índice glicêmico mais alto, que são essenciais para um metabolismo mais rápido e fornecem combustível aos músculos, ao sistema nervoso e às células do sangue. Se for comer aveia, prefira antes de treinar.

O que comer antes e depois da academia

como e quando comer aveia 2
Thinkstock

Pré-treino: priorize refeições com carboidratos de baixo índice glicêmico, para controlar o aumento da insulina a todo momento e aumentar a queima de gordura, como aveia e outros cereais e grãos integrais.Pós-treino: todos os carboidratos de alto índice glicêmico são imprescindíveis. Se você deixar de repor ou privilegiar alimentos de baixo IG após o treino, fará com que seu corpo utilize as proteínas musculares como fonte de energia, anulando todo o seu esforço que teve para hipertrofiá-las.