mulher

Alimentos termogênicos ajudam a perder 1 kg a mais por mês

emagrecer alimento termogenico canela
Thinkstock

Perder peso: uma luta para 50% dos brasileiros, de acordo com um estudo realizado pela Nielsen Holding, empresa especializada em pesquisa de consumo. Dos que querem emagrecer, 76% apostam na mudança da dieta. No início, a medida funciona e a perda de peso é maior, isso não é segredo para ninguém. Mas, depois de um tempo, os quilinhos a mais custam a ir embora. É aí que a mulherada (e muitos homens) enlouquece. Para que o processo seja mais fácil e rápido, alguns alimentos podem ajudar, como os chamados termogênicos (confira o quadro). Eles fazem com que o gasto calórico seja maior e, consequentemente, auxiliam no emagrecimento.

[[{"fid":"","view_mode":"default","fields":{"format":"default","field_file_image_description[und][0][value]":""},"type":"media","link_text":null,"attributes":{}}]]

Leia também:Turbine sua dieta ingerindo termogênicos do jeito certo Receita de cupcake termogênico com chá verde e especiariasReceitas Dukan: aprenda pratos da dieta

Como agem os termogênicos?

O nutricionista Ricardo Galduroz explica que eles aumentam a temperatura do corpo, acelerando todas as reações químicas nas células. Como nosso corpo é programado para trabalhar a certa temperatura interna, quando ela aumenta, há alguns efeitos, como transpiração e ruborização. "Para se ter uma ideia, cada 1°C elevado aumenta a queima de colorias em 10%", detalha Galduroz. Ele destaca que o processo ocorre mesmo que a pessoa não faça atividades físicas, porém, se exercitando, o resultado será mais intenso.

Alimentos termogênicos emagrecem 1 kg por mês

Uma pessoa que tenha iniciado uma dieta (sem termogênicos) orientada por um profissional perde em torno de 3,2kg, por mês, segundo o especialista. "Se essa pessoa incluir alimentos termogênicos em, pelo menos, duas refeições diárias – no café da manhã, uma canela e, no almoço, gengibre e pimenta como temperos, por exemplo – pode perder em torno de 1kg a mais no mês", afirma. Mas não ache que essa "mãozinha" na dieta tem o mesmo efeito para todas. O nutricionista enfatiza que cada pessoa tem queimas calóricas diferenciadas e o resultado pode ser diferente de uma pessoa para outra.

Como consumir?

gengibre pedacos po
Dream79/Shutterstock

"Esses alimentos devem ser usados como coadjuvantes na dieta, ou seja, de nada adianta consumir uma grande quantidade de gengibre e pimenta na pizza com refrigerante", ironiza. Outra opção que ele apresenta são os suplementos termogênicos – mais práticos, potentes e com efeito duradouro. "O princípio ativo mais comum dos suplementos é a cafeína. Mas podem ter outros elementos: casca de laranja amarga, chá verde, guaraná, entre outros". Contudo, é preciso tomar cuidado. Galduroz acrescenta que os termogênicos, seja in natura ou em cápsulas, podem aumentar a pressão arterial. "Caso a pessoa tenha algum problema cardíaco, o consumo deve ser evitado", alerta.

Conheça outros conteúdos da revista Bianchini.