mulher

6 piores alimentos para comer à noite que detonam qualquer dieta

noite geladeira comer principal 2
Thinkstock

Para grande parte das pessoas, a noite é um período complicado: bate aquela fome incontrolável, mas sabe-se que é o momento em que se deve resistir ainda mais bravamente às tentações: o metabolismo mais lento nessa hora do dia faz com que o ganho de peso seja maior em uma eventual ingestão de guloseimas. No entanto, existem comidas também aparentemente saudáveis que podem destruir sua dieta se forem devoradas à noite. 

Leia também:5 sinais de que você está comendo pouca proteína: do cabelo ao trabalhoBebidas alcoólicas que dão barriga: 5 supercalóricas e 5 leves (também perigosas)Suco que tira fome imediatamente: beba e você não vai querer comer mais nada

O que não comer de noite

Em geral, deve-se evitar comidas ácidas, gordurosas ou com estimulantes que tirem o sono, e investir em alimentos como bananas, cereais sem açúcar ou mesmo chá de camomila, que são calmantes para o estômago. O site Prevention listou os piores alimentos para se consumir à noite.

cerveja galeria
Thinkstock

refrigerante galeria 0
Thinkstock

2. Refrigerante. É muito ácido e, ao longo do tempo, vai danificando essas válvulas entre o estômago e o esôfago. Por ser gaseificada, a bebida também aumenta a pressão dentro do estômago e pode causar desconforto.

chocolate galeria
Thinkstock

3. Chocolate. A maioria dos sabores são altamente calóricos, e o metabolismo não dá conta de queimar essas calorias na parte da noite. Também pode conter cafeína e um estimulante menos conhecido, chamado teobromina. Ou seja, pode tirar o sono, e o repouso ao dormir é essencial para a conquista dos resultados desejados – sejam eles emagrecer, definir ou aumentar os músculos.

queijo galeria
Thinkstock

4. Queijo. Também é muito gorduroso, mas, se não tiver outro jeito, prefira queijo parmesão, suíço ou aqueles que têm consistência mais dura. Os mais molinhos têm mais chance de dar refluxo. Mussarela na pizza, por exemplo, é desaconselhável à noite.

frutas secas galeria
Thinkstock

5. Castanhas. Quando o assunto é refluxo, gordura é gordura, seja ela saturada ou insaturada. As castanhas são gorduras de boa qualidade, mas devem ser evitadas na parte da noite, principalmente castanha-de-caju, noz, macadâmia e amendoins. Pistache e amêndoas não são tão ruins nesse sentido.

laranjas galeria
Thinkstock

6. Frutas e bebidas cítricas. Têm alto teor de acidez e podem ficar agindo no estômago quando ele vai se esvaziando durante a noite, quando não comemos nada. Para algumas pessoas, podem ser agressivos.