mulher

Namorado novo e amigo ciumento: conheça a melhor forma de sair dessa situação

comportamento
Paulo Belote/TV Globo

Mesmo depois da saída de Ana Paula do "BBB16", o reality global continua repleto de polêmicas. Uma delas envolveu Munik, Ronan e o ator Juliano Laham que entrou fingindo ser um participante do Big Brother Líbano.

Ronan teve uma crise de ciúme ao ver Munik indo dormir na mesma cama que Juliano e começou a gritar. A participante tentou acalmar o amigo, mas não adiantou. Você já vivenciou alguma situação parecida?

De acordo com a terapeuta de casal e família Marina Vasconcellos, não é normal as pessoas sentirem ciúmes de namorados (as) dos amigos, mas pode ser recorrente quando elas estão inseguras ou são imaturas. "As pessoas que não têm esse problema entendem que você está apaixonada e que é normal se afastar um pouco dos amigos, principalmente no começo", comenta.

Medo de perder 

Segundo a psicóloga, ciúme nada mais é do que o medo de perder alguém para uma outra pessoa e quando parte de um amigo, pode indicar uma amizade possessiva. Quando isso acontece, o melhor a ser feito é conversar abertamente com o amigo.

Pergunte o porquê dele(a) não gostar do namoro, o que tem incomodado e qual o motivo para esse comportamento. O diálogo permitirá que você o entenda melhor. "Se a amizade vale a pena, tem que tentar chegar a um acordo", comenta Marina.

Afaste-se de amizades possessivas 

shutterstock 266697686
bikeriderlondon/Shutterstock

Se mesmo após a conversa o seu amigo continuar tendo crises de ciúmes, o melhor a ser feito é se afastar. A psicóloga explica que isso caracteriza uma amizade possessiva e que pode prejudicar não só o namoro como também a sua vida em geral. "Se você se deixa levar pela posse do amigo, você pode ser excluída, não conseguir ter outros amigos. Você não pode ter exclusividade com ninguém", complementa.

Olho aberto:8 atitudes tóxicas do relacionamento de Cacau e Matheus para não repetir