mulher

Homem inseguro no relacionamento: como identificar e lidar com eles

homem inseguro
Crédito: Thinkstock

Segurança e respeito são essenciais para uma relação saudável. O contrário disso muitas vezes está relacionado somente à insegurança. Embora não exista fórmula secreta para fugir dela, é possível, com atenção, perceber quando uma pessoa dá sinais de descontrole.

Veja também:Sou insegura demais: 11 mandamentos para alavancar sua autoestima

Personalidade, valores, crenças, cultura, criação, educação e vivências passadas são os fatores responsáveis por formar a individualidade de uma pessoa. "Quando tudo isto está fundamentado em experiências positivas e agregadoras no sentido de crescimento e evolução, o resultado é uma pessoa segura que sabe o que quer e é madura nas suas escolhas e decisões", explica a psicóloga especialista em comportamento feminino Ramy Arany. A insegurança, portanto, nasce quando o processamento dessas vivências resulta em sensações negativas.

Insegurança no relacionamento

Em um relacionamento, a incerteza sobre os sentimentos do outro é uma das causas da insegurança. Mas não a única. O medo da rejeição ou da traição e as experiências que remetem ao passado, como ex-namoradas e filhos de outros relacionamentos, também podem ser motivadores.

Como consequência, segundo a psicóloga, a relação do casal tende a ficar fadada ao ciúmes exagerado, à traumas, depressões e agressividade correndo o risco, inclusive, de rompimento.

Como identificar um homem inseguro

Embora não seja encontrada fórmulas prontas, nos primeiros encontros já é possível perceber como o parceiro se porta diante de determinadas situações e, com isso, ter uma ideia de como é a sua segurança.

  • Ex-relacionamentos: "é muito importante observar como ele conta sobre os outros relacionamentos e como apresenta o porquê de não ter dado certo", indica Ramy.
  • Autoestima: perceber como é sua autoestima também é essencial - como ele se vê e como lida com situações emocionais delicadas.
  • Linguagem corporal: cruzar os braços, fazer bico, virar o rosto, virar os olhos, desviar o olhar ou dar sorrisos sarcásticos perante assuntos mais delicados ou desconfortáveis é um sinal.
  • Possessividade: como estão sempre inconstantes, os homens inseguros tentam reafirmar sempre o que é seu. Eles muitas vezes sentem ciúmes da sua relação com suas amigas e amigos e encana com a sua independência, além de querer que vocês façam todas as coisas juntos.
  • Privacidade: na busca pelo errado, ele acaba invadindo sua privacidade com questionamentos desnecessários ou mexendo na sua bolsa e celular.
  • Desconfiança: além de desconfiar do seu amor, ele também desconfia de todas as histórias que você conta, mesmo sem ter motivo para isso.
  • Aprovação: de autoestima baixa, ele precisa sempre da aprovação do outro. Por isso, muitas vezes fica se gabando só para ganhar uma palavra de aprovação.
  • Impressão: ele quer ser gentil, companheiro e muito amigo e sempre aparece com surpresas ou presentes. Esquece, no entanto, que química e atração também são essenciais.

Meu namorado é muito inseguro: o que fazer

homem inseguro 2
Crédito: Thinkstock

Na maioria dos casos, a origem da insegurança masculina não está na companheira, mas sim na absorção de suas vivências e na forma com que ele lida com as frustações.

Segundo a especialista, o primeiro passo para resolver a insegurança do relacionamento é dialogar para entender o que está causando aquelas sensações no parceiro.

Após a conversa franca e sincera, é preciso estimular e incentivá-lo. Mostrar que ele é capaz e atraente são boas saídas.

No entanto ainda assim pode ser difícil solucionar a questão. "Muitas vezes o caminho precisa ser o terapêutico para poder identificar as causas da insegurança, que podem estar relacionadas a situações bem delicadas. A terapia a dois também é um bom caminho para ajudar o casal", finaliza Ramy.