hacks

Como dar banho em gato sem assustar o pet

como dar banho em gato sem assustar o pet
Thinkstock

Saiba como dar banho no seu bichano de uma forma simples e que não cause o desespero do seu gatinho.

Leia também:Dicas e cuidados para criar gatos em apartamentosEnriquecimento ambiental para cães e gatosSiamês: saiba tudo sobre uma das raças felinas mais populares

Embora o mundo todo conheça o velho mito de que gatos não gostam de água ou de banhos, essa afirmação tem pouco a ver com a realidade quando o bichano é acostumado com a água desde filhote. Porém, também há felinos que, de fato, se desesperam ao perceber que seus donos estão prestes a tentar lhe dar um bom banho, e é preciso saber como lidar com esse tipo de situação para não levar algumas arranhadas.

Mesmo sendo animais limpos por natureza e altamente preocupados em se manter longe de sujeiras (sendo por meio da retirada de seus pelos soltos do corpo com lambidas ou enterrando suas necessidades na caixinha de areia), os felinos também precisam de banhos com alguma constância, garantindo que não desenvolva problemas de pele ou dermatites em função do acúmulo de sujeiras.

O primeiro passo para dar um banho no pet felino é separar todos os itens que irá precisar durante o processo, já que deixar o gato sozinho para buscar um deles na hora do banho é uma garantia de fuga para o animal. Adquirir xampus especificamente desenvolvidos para gatos é fundamental, e o tutor jamais deve usar os seus próprios produtos de banho no animal, já que isso pode causar irritações na pele, entre outros problemas.

Uma bacia grande ou uma pia podem servir como banheira para o banho do pet, e é importante que o gato se acostume com a água no começo do processo. Por isso, o ideal é começar a molhá-lo de forma gradual por todo o corpo, passando para a área da cabeça (que é mais sensível e pode gerar reações agressivas por parte do felino) somente após o bichano já estar completamente molhado.

O focinho é mais uma área que deve ser lavada com muita cautela por ser super sensível, e é fundamental prestar muita atenção para que não entre água nas orelhas ou no nariz do animal durante o processo, pois isso pode provocar complicações futuras. O enxágüe deve ser abundante, e cabe aos tutores certificarem-se de que todo o xampu ou sabão para gatos usado no banho foi devidamente retirado, pois, os resquícios desse tipo de produto na pelagem do animal também podem desencadear o desenvolvimento de dermatites, entre outros problemas de pele.

Acesse o link e saiba onde levar seu felino para um banho ou comprar os produtos para fazer isso em casa.

Por Priscila Franco - Matéria validada pelo Dr. Eduardo Toshio (CRMV – SP 15.821), Médico Veterinário formado pela Universidade de São Paulo (USP), com mestrado em Cirurgia Cardio-Torácica na USP e Docente do Curso de Especialização em Oftalmologia Veterinária- ANCLIVEPA – SP. Responsável pelo Setor de Cirurgia Ortopédica e Oftalmológica em Hospital Veterinário de São Paulo, atuando em cirurgia geral, ortopédica, torácica e vascular, oftalmologia clínica e cirúrgica e clínica geral.