glam

Progressiva em gel é uma opção para cabelos oleosos

cabelo liso ruiva

A moda dos alisamentos com escovas progressivas pode ganhar novas adeptas. Graças a uma versão da técnica desenvolvida para quem possui cabelos oleosos. "Mesmo quem não sofria com o problema, enfrentava os inconvenientes nos primeiros dias após fazer esse tipo de escova.", afirma o cabeleireiro Rafa Miranda.

A produção excessiva de óleo na raiz depois da aplicação da progressiva é comum e tende a se normalizar depois de alguns dias. Mas o aspecto grudento das madeixas atrapalha o visual e exige cuidados especiais. "A técnica que utiliza gel é perfeita porque ajuda a controlar a oleosidade dos fios", diz o profissional.

Segundo o cabeleireiro, o resultado da nova versão é exatamente igual as demais. Além disso, o produto contém os mesmos ingredientes do que as opções em creme e a duração promete ser a mesma, de 60 a 90 dias. A diferença fica mesmo por conta da formulação.

Miranda garante que muitas de suas clientes já testaram e aprovaram a novidade. Mas, o profissional alerta que a progressiva em gel não deve ser feita em qualquer um. "Um cabelo seco, mal hidratado ou poroso não é um bom candidato para utilização do produto. Nesses casos, as progressivas a base de creme ainda são as mais indicadas porque auxiliam na hidratação do fio", conclui.