Luzes, mechas ou reflexo?

101060
Stock

Você está pensando em dar uma repaginada no visual. Mas não sabe se escolhe luzes, mechas ou reflexos. "É basicamente tudo a mesma técnica. Só muda o nome", explica Wesley Nóbrega, cabelereiro do Studio W, em São Paulo. O que vai diferenciar um processo do outro é a quantidade de cabelo que você descolore.

No caso das luzes, trabalha-se com mechas mais finas. O resultado fica mais natural, tom sobre tom. Wesley diz que já quase não se usa mais a touca com furinhos, para fazer luzes, porque o resultado não fica tão natural. Hoje, para os três processos, usa-se papel de reflexo, que explora melhor o corte.

As mechas são um pouquinho mais grossas. A largura é de, em média, um centímetro. "Serve tanto para iluminar o cabelo, como para deixá-lo mais marcado", explica o hair stylist. Já os reflexos são muito parecidos com as luzes, a diferença é apenas a quantidade (apenas 30 a 40% do cabelo). Fica mais natural.

Os três processos danificam um pouco os fios. Por isso, Wesley recomenda fazer hidratação a cada dez dias, em casa, e uma vez por mês, no salão. O calebereiro esclarece que o que importa não é a quantidade de cabelo descolorida, e sim o tom usado. "Quanto mais claro, mais agressivo", diz. Usar todos os dias shampoo e condicionar específico para cabelo com química também ajuda a manter a saúde e a cor dos fios por mais tempo.

Veja também:

Cabelos liso

Salve seus cabelos

Mito ou verdade?