glam

Escolha o tipo certo de franja de acordo com seu formato de rosto

franja formato ideal1

Cortar a franja é uma ótima opção para quem quer dar uma melhorada no visual sem passar por uma transformação drástica. Ela pode emoldurar o rosto, esconder partes indesejadas, disfarçar ou salientar o formato do rosto, dar mais movimento e leveza ao cabelo e até interferir na expressão. Por outro lado, uma franja não adequada é capaz de estragar o visual inteiro.

Leia também:

Franja, franjinha, franjão

Franja postiça

Franja alongada

A cabeleireira do salão Go Hair, em São Paulo, Rute dos Santos ensina quais são os cortes de franja mais indicados para cada formato de rosto e tipo de cabelo.

Rosto redondo – franja mais longa nas laterais, para afinar a face, e desfiada nas pontas, para dar movimento.

Rosto quadrado – franja dividida no meio ou na lateral (jogada para o lado), na altura do olho ou nariz. Não deve ser usada na altura da boca para baixo, para não deixar a face ainda mais quadrada.

Rosto fino e comprido – franja na altura dos olhos ou até na altura das sobrancelhas. Para criar volume, deve ser mais espessa.

Testa grande – o ideal é a franja na altura dos olhos, jogada para frente e levemente desfiada nas pontas, para esconder a testa.

Cabelo ondulado – a franja pode combinar com o estilo do cabelo e ter uma leve ondulação, mas, neste caso, deve ser longa e jogada para o lado.

Cabelo encaracolado – franja enroladinha não fica legal. O ideal é sempre usar escova e secador para modelar. Também não deve ser jogada pra frente, mas sim camuflada no cabelo, dando uma ideia de forma.

Cabelo curto – os cortes mais conservadores não ficam muito bem com a franja demarcada. É legal quando ela se mistura com o cabelo, apenas destacando o rosto. Já as mais ousadas podem usar a franja longa e desfiada, bem estilosa.

Cabelo comprido em camadas – é legal usar a franja também em camadas, como uma continuação do resto do cabelo, dando movimento. Inicie as camadas na altura do nariz e termine na altura do ombro.

Cabelo comprido reto – franja desfiada, um pouco mais longa e jogada para o lado. Não deve ser "retona" como o cabelo.

Outras dicas:

-    A franja, quando é muito pesada, tende a esquentar a testa e provocar suor. Isso aumenta a oleosidade e a tendência ao surgimento de acne. Prefira franjas mais leves e desfiadas.

-    Uma dica para quem tem o cabelo muito fino é criar volume na parte frontal. Isso pode ser feito simplesmente cortando uma porção maior do cabelo, tornando a franja mais espessa.

-    A manutenção do corte da franja deve ser mais frequente do que o resto do cabelo. As curtinhas, que ficam na altura das sobrancelhas ou dos olhos, devem ser aparadas a cada mês. Já as mais longas podem ser refeitas de dois em dois meses.

-    Fazer escova progressiva só na franja é uma boa ideia para quem tem o cabelo enrolado e quer evitar o trabalho de modelá-la todos os dias.

Ficou com vontade de usar franjinha mas tem medo de arriscar? Invista nas franjas postiças: