glam

7 truques para fazer antes e depois da depilação e evitar que os pelos encravem

7 dicas evitar pelos encravados
PobladuraFCG/iStock

Os pelos encravados são um problema para muitas mulheres, tanto pelo aspecto desagradável como pelo incômodo que podem causar. As áreas do corpo em que isso mais acontece são as axilas e a virilha, por serem locais mais fechados e com dobras, fazendo com que o pelo já nasça no sentido errado e tenha mais dificuldade para ultrapassar a barreira da pele ao sair.

Leia também:Pelos encravados podem causar foliculite, cistos, e até necessidade de cirurgiaDepilação antes da praia pode causar ardência e criar bolinhas vermelhasVirilha escura e pelos encravados: como acabar com eles definitivamente

Para evitar que isso aconteça, alguns cuidados antes, durante depois da depilação podem ajudar. Veja o que fazer:

Como evitar pelos encravados

Antes da depilação

Dica 1: Prepare a pele fazendo uma esfoliação com pelo menos dois dias de antecedência, com um bom creme esfoliante e usando apenas as mãos, nunca a bucha vegetal, que agride a pele. A esfoliação ajuda a deixar a pele mais fina e faz com que o pelo desponte mais facilmente através dos poros.

Na hora da depilação

Dica 2: As técnicas que retiram o pelo pela raiz, especialmente as ceras quente e fria, são as que mais favorecem o surgimento dos pelos encravados, pois, quando eles voltam a crescer, o organismo os vê como algo estranho tentando ultrapassar a pele, o que faz com que surja a inflamação.

Por isso, a melhor forma de evitar pelos encravados é usar cremes depilatórios ou mesmo gilete. Há ainda a opção do laser, que acaba de vez com os pelos – e é o método mais indicado.

Depois da depilação

Dica 3: Assim que terminar de remover totalmente os pelos, faça a higiene da área depilada, lavando com sabonete hidratante e água fria.

Dica 4: Usar alguns produtos também pode ajudar. Os antissépticos protegem contra possíveis infecções. Alguns dermatologistas indicam também cremes com corticoide e gentamicina, que evitam inflamações mais sérias, como a foliculite.

Dica 5: No dia a dia, aplique cremes à base de ureia ou ácido glicólico, que deixam a pele mais fina e ajudam o pelo a nascer. Mas é preciso ter prescrição médica.

O que não fazer

Dica 6: Evite usar roupas muito justas e/ou de tecidos sintéticos, principalmente nos primeiros dias após a depilação. Elas causam fricção e abafamento na pele, favorecendo inflamações. As peças de algodão são as mais indicadas.

Dica 7: E nunca tente espremer os pelos encravados, pois isso pode piorar o problema e até mesmo causar infecções. Se persistir, consulte um profissional, pois em casos mais graves pode ser necessária uma intervenção cirúrgica.