mulher

Quer engravidar? 7 hábitos para mudar hoje e aumentar sua capacidade fértil amanhã

aumentar fertilidade
Crédito: Thinkstock

A maternidade ainda é o sonho de grande parte das mulheres. No entanto, mesmo após o planejamento, algumas encontram dificuldade para engravidar. De acordo com Marcello Valle, médico especialista em reprodução humana da Clínica Origen, do Rio de Janeiro, alguns cuidados durante esse período podem aumentar a capacidade reprodutiva de um casal.

Veja também:Mulher pode ovular mais de uma vez por mês? O que acontece?Como saber se estou ovulando: 4 dicas infalíveis para descobrirComo evitar mau cheiro na sua vagina: 9 conselhos de ginecologistas

Como engravidar rápido

Controlar peso

O excesso de peso pode alterar a produção de hormônios responsáveis pela ovulação, além de estimular a produção de outros que atrapalham a fertilização.

Controlar prática de atividade física

A atividade física também pode alterar a fertilidade feminina. Embora sejam necessários para a manutenção da saúde, os exercícios, quando feitos em excesso, alteram a fertilidade porque podem interferir na produção hormonale, consequentemente, na ovulação. "É sempre muito importante fazer exercícios com orientação de profissionais, não ultrapassando cinco horas de treino por dia", explica o especialista.

Moderar o consumo de álcool

Segundo o médico, embora seja aceitável o consumo moderado álcool – ate dois copos por evento – a ingestão excessiva pode alterar a ovulação e, portanto, a fertilidade feminina. E o hábito também afeta os homens. "Em excesso, ele pode diminuir a produção de testosterona, causar impotência e contribuir para uma diminuição na quantidade de esperma produzido", comenta.

Reduzir o consumo de cafeína

O café também pode ser um problema para quem quer engravidar. De acordo com Marcello, existem estudos que indicam que a ingestão de grande quantidade de cafeína por dia – mais de 200 mg ou 5 xícaras – pode alterar a fertilidade e ainda aumenta os riscos de aborto espontâneo. "O recomendado é tomar o produto descafeinado ou, no máximo, até duas xícaras por dia", indica.

Suspender o cigarro

As substâncias presentes no cigarro podem acelerar a menopausa, diminuindo, consequentemente, a idade fértil da mulher, além de também aumentar os riscos de aborto espontâneo. No homens, o especialista explica que o hábito interfere na motilidade e morfologia do esperma.

Aumentar a frequência das relações sexuais

A mulher engravida no período fértil – em ciclos de 28 dias, entre o 10º e o 18º após o primeiro dia da menstruação. Por isso, de acordo com Marcello, o ideal é que, a partir do final do sangramento até o dia da ovulação, a frequência sexual aumente – 3x vezes na semana. "Os estudos mostram que, em mulheres com ciclos regulares, após esse período, as chances de concepção caiem consideravelmente", comenta.

Evitar lubrificantes

O produto, embora possa deixar a relação sexual mais prazerosa, atrapalha a mobilidade do espermatozoide. "O indicado é optar por óleo mineral, óleo de canola ou por produtos à base de hidroxietilcelulose, que não possuem efeito adverso sobre o sêmen", recomenda o médico.