mulher

Quão importante é o pai para o desenvolvimento da criança: 4 impactos diretos

pai filho brincam
gpointstudio/Shutterstock

Em um passado não muito distante, pais de família eram considerados importantes provedores da casa e raramente se importavam ou participavam diretamente da educação dos filhos. A entrada da mulher no mercado de trabalho equilibrou a economia doméstica e os homens, até então os únicos responsáveis por financiar o lar, começaram a compartilhar as finanças.

Felizmente, hoje os pais possuem presença bem mais marcante na vida dos filhos, promovendo impacto direto no desenvolvimento das crianças. Conheça alguns fatores que mostram o quão é importante o exercício da paternidade na educação dos pequenos, segundo pesquisas reunidas pelo site "Medical Daily":

pai filhos 0
shutterstock

Importância do pai da criação dos filhos

Filhos de bons pais são intelectualmente mais desenvolvidos. Em 2002, uma revisão de diversos estudos encontrou evidência consistente de que filhos de pais envolvidos na educação eram mais propensos a mostrar competência cognitiva e sucesso no aprendizado do que aqueles cujos pais eram ausentes.

Filhos de bons pais têm menos problemas emocionais e comportamentais. Pesquisas indicam que filhos criados com pai presente mostravam menos sinais de agressividade, baixa autoestima ou problemas comportamentais. A boa paternidade foi associada a uma maior resistência ao estresse e frustração e menor propensão a desenvolver problemas relacionados a abuso de drogas.

Filhos de bons pais têm melhores relacionamentos amorosos no futuro. A maneira como o pai trata a mãe da criança possui grande impacto na educação emocional dos filhos. Segundo estudos, meninos que tiveram pais respeitosos não demonstravam agressividade em relação a parceiras amorosas, enquanto as meninas eram menos propensas a entrar em um relacionamento com um homem abusivo.

Impactos da ausência paterna

pai e bebe 1
martinedoucet / Istock

Pesquisas ainda conseguiram mostrar os impactos sofridos por crianças que não puderam contar com a presença dos pais na educação. Do ponto de vista econômico, órfãos de pai são mais suscetíveis à pobreza, têm maiores chances de engravidar na adolescência e se casam antes mesmo de terminarem os estudos.

Os estudos ajudam a jogar luz sobre o tema e sobre o fato de que os pais podem oferecer aos filhos coisas que as mães não conseguem, ressaltando a informação de que os pais ajudar significativamente no desenvolvimento social, emocional e intelectual de seus filhos.

Separaçao e filhos:Guarda compartilhada é melhor para as crianças