mulher

Mudança no estilo de vida pode evitar aborto espontâneo

mudanca estilo de vida evitar aborto
mudanca-estilo-de-vida-evitar-aborto

Uma das mais frequentes complicações da gravidez é o aborto espontâneo, que acontece antes de 20 semanas de gestação ou, no máximo, até 24 semanas, com o feto pesando menos de 500 gramas. As causas do aborto são variadas e, geralmente, estão ligadas a anormalidades que impedem o desenvolvimento do feto. Mas uma pesquisa mostrou que com algumas mudanças no estilo de vida é possível evitar que isso aconteça.

Leia também:

Chás abortivos proibidos na gestação

Sangramento na gravidez é sinal de alerta

Febre na gravidez: o que pode ser?

Como evitar o aborto

O estudo, realizado na Universidade de Copenhague, na Dinamarca, com grávidas com mais de 30 anos, afirma que 25% dos casos de aborto espontâneo poderiam ser evitados se as gestantes levassem mais a sério alguns cuidados básicos como: excesso ou falta de peso durante a gravidez, consumo de álcool, que deve ser totalmente eliminado, e fim de hábitos como levantar mais de 20 kg ou realizar trabalho noturno.

Através de coleta de dados por telefone e computador, além de um acompanhamento de gestações entre 1996 e 2002, foi observada a relação entre os abortos e o estilo de vida em mais de 90 mil mulheres. "A mensagem principal é que estes casos podem ser evitados não apenas com medicamentos", disse a pesquisadora Anne-Marie Nybo Andersen.

Hábitos saudáveis na gestação

[[{"fid":"","view_mode":"default","fields":{"format":"default","field_file_image_description[und][0][value]":""},"type":"media","link_text":null,"attributes":{}}]] Alimentação equilibrada é fundamental

Os cuidados durante a gravidez são essenciais para a boa saúde da mãe e do bebê. É importante que haja uma alimentação saudável e rica em nutrientes, que ajudam na formação do bebê. Os exercícios físicos podem ser feitos, pois ajudam a melhorar a postura e a aliviar desconfortos causados pelas mudanças no corpo. Prefira os de baixo impacto, como caminhadas, natação e hidroginástica e, se não tem o hábito de se exercitar, espere para começar após os três primeiros meses da gestação.

O consumo de álcool, cafeína, tabaco e qualquer tipo de drogas deve ser evitado, pois essas substâncias podem causar má formação fetal.