mulher

Grávida de 40 anos contraria estatísticas e tem gestação saudável; conheça a história

gravida 40 anos
Crédito: Arquivo Pessoal / Leonardo Zulluh / Ghirlayne Ferreira

Ghirlayne Ferreira está grávida do seu primeiro filho, Antônio Gael. A história podia ser como outra qualquer se ela não fosse contra as estimativas e o que é condicionado como regra na sociedade, afinal, o bebê nascerá logo depois de a mãe completar 41 anos. Com disposição de dar inveja, a gestante conta como foi tomar a decisão planejada de engravidar mais tarde e quebrar preconceitos relacionados à idade e fertilidade e ainda conta que, para ela, viver livre de neuras relacionadas ao casamento e à maternidade foi o caminho mais tranquilo para realizar todos os sonhos.

Veja também:Engravidar após o câncer: conheça Aline, mulher que engravidou depois da doençaHistória real: como o fim de um relacionamento me fez perder 55 quilosMulher que teve 65% do corpo queimado vira inspiração por amor verdadeiro

A fluminense, nascida na cidade de Niterói, nunca não teve medo de enfrentar as mudanças. Há 10 anos, deixou a profissão de jornalista e virou empresária. Atualmente, ela administra sua própria cafeteria e loja de bolos e tortas.

Com a vida amorosa também foi assim. Depois de ficar casada por 9 anos, Ghirlayne percebeu que o relacionamento não correspondia às suas expectativas e rompeu. "Eu casei com 30 anos e, na época, pensava em esperar três ou quatro anos para ter filhos. Mas meu ex-marido ficava sempre adiando esse passo. Quando eu vi que as coisas não estavam andando como eu queria, fechei essa porta e um leque de opções se abriu".

Após menos de um ano com o atual companheiro e completando os 40 anos, a empresária decidiu engravidar. "Eu já queria ser mãe, sentia que estava ficando mais velha e já tinha me divorciado uma vez. Estava namorando uma pessoa com quem a relação fluía e tinha sintonia. Resolvemos deixar acontecer. Parei de tomar o remédio em dezembro e em fevereiro eu já estava grávida".

Gestação depois dos 40 anos

gravida 40 anos 3
Crédito: Arquivo Pessoal / Leonardo Zulluh / Ghirlayne Ferreira

A gravidez corre tranquila e, para Ghirlayne, essa é uma mostra de que o corpo dela estava preparado para esse momento. "Eu abro minha loja de manhã e fecho só à noite, faço eventos e cheguei aos 7 meses com muito gás".

Síndrome de down em gravidez tardia

Mais frequente em gestação de mulheres com mais de 35 ou 40 anos, a síndrome de down foi o grande receio da empresária, mas ele foi superado rapidamente. "Meu maior medo era fazer a translucência nucal porque ele mostra a doença. Mas, mesmo antes dele, eu estava muito tranquila. Sabia que se tinha acontecido, era porque era o momento. No dia senti um friozinho na barriga, mas no fim correu tudo bem e o bebê está dentro de todos os parâmetros esperados".

Gravidez saudável

gravida 40 anos 2
Crédito: Arquivo Pessoal / Leonardo Zulluh / Ghirlayne Ferreira

A maturidade é outro fator positivo que Ghirlayne pontua. "Acho que com o passar do tempo você fica mais madura porque acompanha as experiências de pessoas próximas e ganha mais confiança para quando chegar a sua vez. Me sinto mais preparada e serena porque não entrei na neurose de que tinha que arrumar um marido e ser mãe logo. A gente tem que seguir a vida como ela é e uma hora as coisas vão acontecendo. E ter uma gestação como a minha é tranquilo e saudável".