Gêmeos podem nascer de parto normal? Descubra a melhor opção

parto normal gemeos 1
Crédito: Thinkstock

Quando vem a notícia, as mamães, principalmente aquelas de primeira viagem, certamente assustam. É fato que a gestação gemelar requer mais monitoramento. No entanto, ela pode seguir de forma completamente normal se tudo estiver bem com a mãe e os bebês, inclusive quando o assunto é a via de nascimento – parto normal ou cesárea.

Veja também:Gêmeos podem ter pais diferentes: especialistas explicam fenômeno8 coisas incríveis que os bebês sentem ainda na barrigaComo é o parto normal: vídeo mostra todas as fases do nascimento

Gravidez de gêmeos

A gestação de gêmeos pode ter duas origens: monozigóticas ou dizigóticas. A primeira, chamada também de univitelina, acontece quando um único óvulo é fecundado por um único espermatozoide e, no momento da divisão celular, da origem a dois embriões. Já a segunda, chamada também de bivitelina, é originada a partir da fecundação de dois óvulos diferentes fecundados por dois espermatozoides diferentes.

Nascimento de gêmeos: parto normal ou cesárea?

parto normal gemeos 2
Crédito: Thinkstock

Assim como qualquer gravidez, a gemelar também deve passar pelo pré-natal com especialistas e, se tudo estiver bem com os fetos e com a mãe, o parto normal é a via de nascimento recomendada e mais segura. "É um parto que deve ser bem monitorado porque os riscos comparados com uma gestação única são maiores, mas, ainda assim, bem menores do que se comparados com os da cesárea", explica Arielle. Recuperação materna mais rápida e menos dolorosa, rápida descida do leite, preparação do pulmão e estímulo do sistema imunológico e intestinal dos bebês estão entre os benefícios do parto normal.

Parto normal de gêmeos é seguro?

De acordo com a obstetriz, alguns critérios devem ser analisados na hora do parto normal de gêmeos. O primeiro deles é a posição dos fetos. "Quando o primeiro bebê está cefálico [de cabeça para baixo],a posição do segundo não interfere no parto". No entanto, a profissional explica que quando o primeiro está pélvico, ou seja, não está encaixado de cabeça, mas sim de bumbum, a cesariana pode ser indicada para que não tenha riscos das cabeças se enroscarem.

Além da grande probabilidade de nascerem prematuros – característica da maioria das gestações gemelares – a assistência ao parto também requer alguns cuidados. "A equipe precisa monitorar muito bem a mãe e os bebês e ser capacitada para efetuar este tipo de atendimento porque após o nascimento do primeiro bebê, o segundo pode ter problemas no recebimento de sangue e, consequente, falta de oxigenação. Os ricos também podem afetar a mãe já que, como o útero se distende mais, pode ter risco de hemorragia materna", alerta a obstetra.

Gêmeos podem nascer em datas diferentes

Os bebês ainda podem nascer em dias diferentes. Isto porque o desenvolvimento pode ser diferente ou então a fecundação ter acontecido em momentos deferentes. De acordo com Arielle, isto não acontece no Brasil com frequência porque o índice de parto normal é baixo. No entanto, casos já foram registrados aqui e no exterior e também estão registrados na literatura médica.