Depois que engravidei, "enjoei" do meu marido. É normal? O que fazer?

gravidez enjoo marido
Shutterstock

Certamente, uma das situações mais indesejadas para uma mulher grávida, mais ainda para aquelas de primeira viagem, é passar a sentir enjoos do marido. Durante o primeiro trimestre da gestação, assim como tem náusea e ânsia de vômito causada por alguns aromas e situações, ela também pode ter esse mal estar despertado pelo companheiro.

Leia também:3 melhores posições para grávida dormirCuidados para grávida aproveitar a praia8 posições sexuais para a gravidez

Enjoo de pai do filho

Essa reclamação é mais frequente do que se imagina entre as gestantes. Principalmente, durante o período de maior desconforto gástrico e enjoos, que compreende ao primeiro trimestre de gestação.Antes mesmo das alterações físicas, os enjôos podem comprometer o humor da gestante e, de quebra, afetar até o sentimento como ela encara o parceiro. Muito naturalmente há casos de mulheres que têm a sensação de se sentirem  "enjoadas" com o cheiro do marido, seja com o suor ou com o perfume que ele usa e do qual elas sempre gostaram.Não se sabe exatamente o porquê, mas a gestante tem uma maior sensibilidade olfativa durante o período de gravidez. Potencializada pelo primeiro trimestre de gestação, quando os hormônios HCG e progesterona estão elevados e causam náuseas, tonturas e enjôos, é comum que a mulher se sinta incomodada até mesmo pela presença companheiro.

enjoo gravida marido
istock

O que fazer?

A solução é ter paciência e esperar, porque logo o enjoo passa e tudo volta ao normal. Tente conversar abertamente com seu marido e, se preciso, peça ajuda ao obstetra para ter esclarecimentos.Experimentem substituir algumas fragrâncias mais fortes como a do perfume, desodorante e loção pós-barba do seu marido por opções menos intensas. Também priorize sabonetes, sabão e amaciante de roupas com menos aroma e, se preciso, troque mais vezes as roupas de cama.Encontrem alternativas para esse período que é temporário. Ajeitem uma cama alternativa no quarto do bebê ou no sofá da sala. E, se preciso for, passem algum tempo separados nas casas de suas respectivas famílias. Mas tentem não perder a paciência e o amor que sentem um pelo outro. Essa fase vai passar.