mulher

Como estimular o bebê a falar ainda dentro da barriga

falar com bebe na barriga 1
Imagem: Thinkstock

Cientistas já sabem há um bom tempo que o bebê pode ouvir a mãe no útero, tanto seus batimentos cardíacos, quanto as palavras ditas por ela. Mas eles desconheciam qual era o papel desse fenômeno no desenvolvimento físico do bebê. Um novo estudo descobriu a relação.

Leia tambémComo deixar o bebê mais inteligente ainda dentro do úteroComo estimular o bebê a falarBebês entendem fatores externos mesmo na barriga

Falar com bebê na barriga estimula a linguagem 

Uma nova pesquisa conduzida por pesquisadores da Universidade de Harvard avaliou 40 bebês extremamente prematuros, nascidos com 25 a 32 semanas (o que varia aproximadamente de 5 meses a 6 meses e 2 semanas). Os recém-nascidos foram alocados em dois grupos: 20 dos bebês ouviram gravações da voz e dos batimentos cardíacos maternos durante um mês, período em que eles ainda deveriam estar no útero. Os outros recém-nascidos ouviram apenas os ruídos do ambiente hospitalar.

Depois de 30 dias, o cérebro de cada bebê foi avaliado por um exame de ultrassonografia. Os cientistas descobriram que os bebês que ouviram os barulhos maternos tinham a área do cérebro relacionada ao desenvolvimento da linguagem de maior tamanho. De acordo com os pesquisadores, essa parte cerebral responde mais à voz materna do que ao som ambiente.

Conversar com o bebê na barriga: bons motivos para falar ou cantar 

falar com bebe na barriga 2
Imagem: Thinkstock

As memórias do bebê são armazenadas sob a forma de sentimentos ou sensações. Por isso, sempre que ouvir a voz da mãe, o bebê sentirá tranquilidade e bem-estar.

falar com bebe na barriga 5
Imagem: Thinkstock

Pelo mesmo motivo, o bebê reconhece a voz da mãe e se sente seguro quando a ouve.

falar com bebe na barriga
Imagem: Thinkstock

Depois que ele nascer, a voz da mãe será uma das poucas semelhanças com o ambiente do útero. Isso ajudará o bebê a adaptar-se.

falar com bebe na barriga 4
Imagem: Thinkstock

O pai também pode falar com o bebê e estabelecer esse vínculo antes mesmo do nascimento.