mulher

Colesterol aumenta na gravidez: veja meses mais críticos e saiba proteger seu bebê

colesterol aumenta na gravidez
Thinkstock

O organismo da mulher passa por uma série de alterações durante a gravidez. Uma delas é o aumento do colesterol que, segundo a endocrinologista Sueli Freitas Marino, da Criogênesis, o quadro é comum e acontece principalmente a partir da 16ª semana, quando o feto já está formado. O aumento segue até a 30ª semana, quando chega a ficar até 60% mais alto do que antes da gravidez. Para garantir a saúde da mãe e do bebê, alguns cuidados são necessários.

Leia também:Colesterol: o que é, sintomas e tratamentoMelhores fibras para reduzir colesterol e açúcar no sangueColesterol bom e colesterol ruim: qual a diferença?

Riscos do colesterol alto

A médica explica que o colesterol elevado na gravidez  pode fazer com que haja acúmulo de fios de gordura dentro dos vasos do bebê, favorecendo o surgimento de doenças cardiovasculares na infância.

Além disso, pode prejudicar a saúde da mãe, causando hipertensão arterial e doenças como trombose. Os cuidados devem ser ainda maiores para as mulheres que já apresentavam o colesterol alto antes mesmo de engravidar. "É imprescindível que a gestante tenha um acompanhamento mensal com o obstetra, que irá orientar e conduzir os tratamentos e cuidados necessários nesta fase tão delicada", afirma.

colesterol aumenta na gravidez 1
Thinkstock

Como evitar e tratar

A alimentação equilibrada é a recomendação mais importante, aliada à prática de atividades físicas indicadas para gestantes. Deve-se evitar carnes, queijos, bacon, salsichas, alimentos industrializados, alimentos processados e gordurosos, e priorizar o consumo de sucos naturais, alimentos ricos em vitamina C (acerola, Kiwi, goiaba, mamão, pimentão, laranja, brócolis, morango, couve-flor), frutas, verduras, legumes e cereais integrais, além de beber muita água. 

Ela ressalta ainda que o uso de remédios para reduzir o colesterol ruim são prejudiciais ao feto e não podem ser usadas durante a gestação.