Livro digital para criança é menos benéfico que tradicional, diz pesquisa

livro eletronico crianca livro tradicional 1

Os livros são ferramentas importantes para o desenvolvimento infantil. Mas nem sempre é fácil despertar o interesse das crianças pela leitura. Com a tecnologia, a tarefa ficou ainda mais difícil, já que tablets e smartphones costumam chamar mais a atenção dos pequenos. Os livros eletrônicos, nesse caso, podem ser uma alternativa, pois contam as histórias de forma interativa e mais atrativa, com sons e movimentos. Mas será que possuem o mesmo efeito pedagógico?

Leia também:Como incentivar a leitura em criançasDicas de livros infantis para cada idadeUsar tablet demais causa miopia em crianças

A psicopedagoga Elisabete da Silva Duarte, coordenadora de Educação Infantil do Colégio Nossa Senhora do Morumbi, em São Paulo, diz que é natural que as crianças mostrem maior curiosidade pelos livros eletrônicos e que eles podem ser também um estímulo positivo. "Ter uma gama de oportunidades de leitura para crianças é sempre interessante enquanto repertório que constroem dos textos que ouvem, tanto nos eletrônicos quanto nos livros tradicionais", afirma. 

livro eletronico crianca livro tradicional 2
Thinkstock

Eletrônicos x livros

Mas, como os eletrônicos demandam uma ação direta da criança para que os efeitos apareçam, às vezes elas podem ficar mais atentas nesses efeitos do que na história propriamente dita. Por isso, segundo pesquisadores da Academia Americana de Pediatria, em matéria publicada no jornal Folha de São Paulo, os e-books teriam efeito pedagógico menor que os livros de papel, pois prejudica a dinâmica que impulsiona o desenvolvimento da linguagem.

O estudo foi feito em 2013 com crianças entre 3 a 5 anos e constatou que aquelas cujos pais liam histórias em livros tradicionais tiveram compreensão de leitura maior que as que usaram e-books. Assim, mesmo as crianças que têm acesso aos eletrônicos devem ser estimuladas com os livros tradicionais. "Mesmo com a tecnologia que as crianças vivem, os livros são a perpetuação de uma história de mundo e sociedade. O interessante é ter as diversas formas em nossa rotina. Enquanto educadora penso que o livro não será substituído por completo. Muitas crianças, adolescentes e adultos preferem ler o livro convencional, isto ocorre pois o prazer e o hábito de ler foi e deve ser construído no folhear, ir e voltar, guardar, reler, etc", diz a psicopedagoga. 

livro eletronico crianca livro tradicional 3
Thinkstock

Como estimular a leitura em crianças

Ela diz que o mais importante é dar o acesso ao material, ter livros para um pequeno acervo da criança em casa, visitar livrarias apenas para passar algum tempo naquele ambiente, observar desde cedo os pais lendo livros, revistas, jornais. Tudo isso contribuirá para que a criança construa sua própria postura de leitora.

Já os eletrônicos devem ser permitidos quando a criança tiver capacidade de utilizá-los na sua totalidade. "Se isso não ocorrer o momento não é adequado, mas esta é uma questão polêmica. Cada família tem suas filosofias, valores, crenças e decisões a tomar em relação aos nossos filhos".