Massagem no períneo ajuda no parto e pode ser feita com aparelho

massagem perineo laceracao 1
grávida

Beatriz HelenaDo Bolsa de Bebê

O períneo é uma das regiões mais utilizadas durante o trabalho de parto. Musculatura entre a vagina e ânus, é ele que sustenta todos os órgãos abdominais e ajuda na saída do bebê durante o trabalho de parto.

Leia também:Curso ensina gestante a aguentar a dor do partoDor nas costas pós-parto: ela é normal?Mulher que já fez cesárea pode ter parto normal?

Parto normal, episiotomia ou laceração natural

Em alguns casos, durante o período expulsivo do trabalho de parto, o médico faz uma episiotomia na região vaginal. Conhecida também como pique, o corte supostamente serve para aumentar o espaço para o bebê passar. O procedimento divide opiniões e médicos divergem quanto à sua real necessidade. Entretanto, na sua ausência, a região pode sofrer com uma laceração natural.

laceração natural é o rompimento dos músculos da região que pode acontecer durante a passagem da cabeça do bebê pela vagina. “A laceração nem sempre acontece e, quando acontece, não é padronizada. Algumas mulheres têm na região interna, outras no pequeno lábio. Tudo depende da posição em que a mãe está parindo”, explica a doula Adèle Valarini.

Massagem no períneo

aparelho permite mae ouvir coracao bebe
Thinkstock

Além da laceração, a região também pode ficar enfraquecida e isso gerar incontinência urinária. Para evitá-los, é possível fazer a massagem no períneo.

Chamada também de massagem perineal, ela fortalece a região e pode ajudar as mães no momento do expulsivo do parto. “A massagem no períneo é indicada, sobretudo, para que a mãe adquira consciência corporal e se sinta capaz de parir, ou seja, para que ela tenha uma ideia de como é capaz de esticar para o bebê passar”, explica Adèle.

Na prática, ela pode ser feita por doulas e fisioterapeutas ou pela própria mulher, em casa nos meses que antecedem o parto. Segundo a doula, o ideal é começar os exercícios a partir da 34º semana, isto porque nesta idade gestacional os hormônios já estão preparando o corpo da mulher para o nascimento do bebê e, por isso, a vagina já está mais elástica e naturalmente lubrificada.

Aparelho para massagem no períneo

Além dos exercícios feitos com o dedo, é possível contar com a ajuda de um específico aparelho para massagem no períneo. O Epi-No é como uma bexiga que infla dentro da vagina. Ele pode chegar até o tamanho da cabeça de um bebê, mas os exercícios precisam ser feitos aos poucos, por fases. Além de fortalecer a região e diminuir as chances de laceração natural, o aparelho ainda dá segurança à mãe sobre sua capacidade de dilatação e força.