mulher

8 fatores que podem te deixar infértil e você nem imaginava

fertilidade prejudicada capa
Crédito: Thinkstock

Distúrbios ovulatórios, endometriose e alterações na trompa ou qualitativas do sêmen estão entre as maiores das causas infertilidade. Segundo Marcelo Valle, ginecologista especialista em reprodução humanada da Clínica Origen (RJ), 80% dos casais conseguem descobrir porque não engravidam. Os 20% restante são classificados como esterilidade sem causa aparente.

Leia também:10 sinais que indicam que uma mulher pode ter dificuldade para engravidarAlimentação influencia na fertilidade: veja comoFertilidade depois dos 30: idade interfere nas chances de gravidez

Então, embora nem sempre detectada, a infertilidade pode ser gerada por uma série de fatores – muitos deles, inclusive, imperceptíveis. Na galeria, descubra quais são os hábitos, doenças e tratamentos que podem atrapalhar a capacidade reprodutiva de um casal.

Não consigo engravidar: o que pode ser? 

fertilidade prejudicada vitamina d
Crédito: Thinkstock

Vitamina D: embora controverso, o que se sabe é que a vitamina participa ativamente do processo de maturação folicular e da implantação do óvulo fecundado no útero. No entanto, segundo o médico, ainda não é possível afirmar que a deficiência afeta diretamente a capacidade reprodutiva da mulher.

fertilidade prejudicada acucar
Crédito: Thinkstock

Açúcar: as substâncias que são produzidas para digerir o açúcar podem causar alterações metabólicas. Se consumido em grande quantidade, pode atingir o funcionamento de todo o corpo – inclusive o sistema reprodutor.

fertilidade prejudicada remedio
Crédito: Thinkstock

Medicamentos: além dos ácidos aplicados na pele para acnes ou manchas, remédios para espinhas também podem afetar a capacidade reprodutivo de um indivíduo. Medicamentos mais fortes devem ser prescritos por um médico que avaliará a relação entre os riscos e os benefícios.

fertilidade prejudicada sobrepeso
Crédito: Thinkstock

Sobrepeso: tanto em homens quanto em mulheres, o sobrepeso, quando associado a condições de saúde debilitada, como colesterol e diabetes, pode interferir na fertilidade. Maior risco de abortamento e complicações obstétricas também estão entre as preocupações dos especialistas, explica o médico.

fertilidade prejudicada diabetes
Crédito: Thinkstock

Diabetes: a doença pode causar alterações metabólicas que influenciam diretamente a fertilidade.

fertilidade prejudicada doenca autoimune
Crédito: Thinkstock

Doenças autoimunes: além dos seus próprios efeitos, muitas vezes os medicamentos usados no tratamento afetam a capacidade reprodutiva do indivíduo.

fertilidade prejudicada quimioterapia
Crédito: Thinkstock

Tratamentos oncológicos: determinadas quimioterapias podem acabar com reserva a folicular ovariana.

fertilidade prejudicada cirurgia
Crédito: Thinkstock

Cirurgias abdominais: cirurgias complexas que exigem muita manipulação podem afetar a capacidade de fecundar e gestar de uma mulher. Apendicite com perfuração de intestino ou aderências dos órgãos, por exemplo, podem afetar o funcionamento normal do organismo.