mulher

7 formas de não engordar muito na gravidez que são saudáveis de verdade

o que gravida pode comer
Crédito: Thinkstock

O medo de ganhar muito peso na gravidez é muito comum entre mulheres que planejam a chegada de um filhote. A preocupação tem fundamento e suas consequências não são apenas estéticas. Para evitar o problema, é essencial entender qual é a melhor forma de se alimentar neste período.

Veja também:10 melhores alimentos para gravidez saudávelPilates para gestantes alivia dor e ajuda na hora do partoSexo na gravidez é saudável e pode ser feito até o último mês

Segundo o Espaço Gestar, ponto de encontro exclusivo para grávidas, ganhar peso é normal. No entanto, o ganho excessivo poder ser prejudicial à mulher, já que a probabilidade de desenvolver doenças graves como pré-eclâmpsia e diabetes gestacional aumenta e a sobrecarga das articulações causam dores na coluna, quadris, joelhos e tornozelos.

Para evitar o problema, é essencial prezar por uma rotina alimentar saudável. A seguir, veja quais são os principais passos para não engordar muito na gravidez.

Como não engordar muito na gravidez

  • Alimentação de 03 em 03 horas: essencial para que o corpo não acumule reservas energéticas em forma de gordura. Desta forma, a liberação de energia ocorre aos poucos, de acordo com a necessidade do organismo.
  • Leite e derivados devem ser priorizados. O cálcio presente nestes alimentos garante a saúde óssea da gestante.
  • O ácido fólico é um nutriente essencial para o desenvolvimento saudável do bebê – ele constitui o tubo neural do feto. Verduras de cor verde-escura como couve e espinafre devem fazer parte da alimentação diária.
  • Comer rápido é uma das grandes causas do sobrepeso. Ao comer devagar, o cérebro consegue mandar a mensagem de saciedade sem que alimentos extras sejam ingeridos.
  • Atividade física também essencial. A hidroginástica é um esporte que, além de ajudar na manutenção do peso, ainda é de baixo impacto e recomendado para grávidas.
  • O controle da qualidade dos alimentos também é importante. Carboidratos refinados, açúcares e frituras devem ser evitados. Eles são prejudiciais e inimigos do controle do peso, seja de gestantes ou não.
  • A melhor opção antes de alterar a alimentação é buscar uma orientação profissional. Além do ginecologista, nutricionistas podem ser consultados neste momento para aliar uma alimentação saudável para mãe e bebê com o controle do peso