mulher

7 erros que você comete na criação do seu filho e o tornam mimado

crianca mimada erros criacao
Dubova/Shutterstock

Amor, carinho e atenção são sentimentos básicos para que uma criança cresça se sentindo acolhida e segura. No entanto, o excesso de cuidados e permissões para agradar pode acabar transformando os pequenos em reizinhos autoritários e sem limites. Confira alguns erros que você comete na criação do seu filho e o tornam mimado:

Erros na criação dos filhos

1. O primeiro passo é estabelecer limites e fazer a criança entender que os pais é que têm a autoridade e que ordens precisam ser respeitadas. Ceder demais a birras certamente vai gerar um comportamento mimado nos filhos.

Thinkstock

2. É importante ainda fazer com que seu filho tenha paciência e saber que não pode ter tudo o que quer, na hora em que deseja. E lembrar ainda que chorar e fazer birra não é uma solução para os problemas. Portanto, fazer um agrado numa tentativa desesperada de tentar fazer a criança parar de chorar é um erro prejudicial a longo prazo.

3. Se você tende a achar que seu filho está sempre certo e raramente o questiona, pode estar criando uma pessoa mimada. Isso porque essa atitude faz com que a criança assimile a ideia de que, de fato, ela nunca está errada e se torne uma pessoa que não sabe lidar com posicionamentos contrários.

Thinkstock

4. Crianças mimadas raramente gostam de dividir e têm dificuldade em compartilhar brinquedos e atenção com outras crianças. É preciso então fazer com que ele perceba que socializar é essencial para a vida em comunidade e que o hábito só traz benefícios. Achar que a criança é apenas tímida pode ser um erro grande: os pais devem ficar atentos a sinais de egoísmo.

5. Tente combater o impulso de proteger demais seu filho e deixá-lo muito dependente. Quando a criança não consegue tomar nenhuma decisão sem te consultar pode ser um sinal de que você está mimando o pequeno que, no futuro, pode se tornar um adulto inseguro.

crianca birra
shutterstock

6. Faça com que seu filho entenda que deve obediência aos pais e, através das repreensões, aprender a identificar que errou, admitir e pedir desculpas. Crianças mimadas geralmente têm dificuldade em lidar bem com broncas e chegam até a desrespeitar e confrontar os pais em situações em que se sentem pressionadas.

7. Não se sinta culpada em dizer "não". Por mais que você, trabalhando fora, acredite que não deve "contaminar" o pouco tempo junto com a criança com brigas, saiba que ela precisa de alguém que imponha limites para crescer aprendendo noções de respeito e de que tudo tem seu tempo, hora e lugar.

Dicas e hábitos simples:15 passos para ter uma família feliz