6 alimentos que toda mulher deveria excluir na gestação: nutricionista das famosas explica

ShutterStock

Logo quando a mulher descobre que está grávida, normalmente aumenta ainda mais sua preocupação em manter uma alimentação saudável que proteja o bom desenvolvimento do bebê. Além de seguir as orientações médicas de como garantir todos os nutrientes e vitaminas necessários para a fase tão importante da vida, vale ainda conhecer uma lista de alimentos que toda gestante deveria excluir do cardápio. Confira as indicações e explicações que a nutricionista funcional Patricia Davidson Haiat divulgou em seu perfil no Instagram:

Leia também:Conheça fatos sobre gravidez ectópica3 dicas para se manter saudável na gravidez3 partes do corpo que crescem na gravidez

1. Embutidos: salsicha, salame, presunto e afins possuem alto teor de sódio, nitritos, nitratos, corantes e aditivos químicos que são prejudiciais à saúde.

D.Shashikant/Shutterstock

2. Canela: apesar de saudável e excelente termogênico, o alimento, nesta fase da vida da mulher, pode causar contrações uterinas e, portanto, deve ser eliminada do cardápio.

3. Chás: mesmo sendo naturais, precisam de atenção extra durante a gestação e só devem ser consumidos com aval médico. Algumas infusões podem estimular contrações e até mesmo prejudicar a saúde do bebê.

4. Açúcar: o consumo exagerado de doces e alimentos ricos em açúcar pode aumentar o risco de a mulher desenvolver diabetes gestacional, além do ganho de peso excessivo. Portanto, procure evitar a ingestão para não prejudicar a saúde do bebê.

bitt24/Shutterstock

5. Bebida alcoólica: não chega a ser uma novidade, mas é sempre válido lembrar que o álcool é capaz de atravessa a placenta e causar graves prejuízos para o desenvolvimento do bebê, como, por exemplo, má formação fetal.

6.Adoçantes: alguns tipos do alimento, como o ciclamato de sódio, também podem atravessar a placenta e causar danos genéticos ao bebê, segundo a nutricionista.

Conheça os cuidados com o corpo que toda grávida precisa ter: