mulher

Pensando em colocar o filho no Escoteiro? Veja os benefícios

escoteiro crian%C3%A7a beneficio
escoteiro-criança-beneficio

Marianna Feiteiro

Do Bolsa de Bebê

Você sabia que participar de um grupo de escoteiros pode trazer muito mais benefícios à criança do que apenas fazer novos amigos e divertir-se? O Escotismo, movimento que existe há mais de 100 anos no mundo todo, tem a proposta de contribuir para a formação dos jovens para a vida, estimulando que suas capacidades físicas, intelectuais e sociais sejam desenvolvidas ao máximo e reforçando, principalmente, a construção do caráter.

Leia também:

Mães superprotetoras podem criar filhos inseguros

Vergonha em excesso pode prejudicar o desenvolvimento

6 anos: seu filho começa a praticar esportes

Segundo Luiz Cesar de Simas Horn, psicólogo e gerente de Métodos Educativos da União dos Escoteiros do Brasil, as crianças que entram para o movimento participam de uma série de atividades ao ar livre, que as coloca em contato com o meio ambiente, atividades comunitárias, jogos, tarefas em equipe, cerimônias, trabalhos manuais, técnica de campismo, etc. Ainda de acordo com ele, isso reflete diretamente no cotidiano do jovem. "Eles mostram mais iniciativa, maior capacidade de enfrentar as dificuldades e os obstáculos, alegria, companheirismo e grande capacidade de convivência com a diversidade e diferenças de pensamento", declara.

O Escotismo é baseado em um sistema de valores que norteiam todas as atividades. São eles: dignidade, lealdade, igualdade, honestidade, fraternidade, cortesia, respeito à natureza e à vida e pureza de propósitos. "Além disso, são oferecidas oportunidades para que os jovens exercitem a liderança, a cooperação, a autonomia e a responsabilidade", explica Luiz.

O movimento se divide em ramos baseados em faixas etárias: o Lobinho é para meninos e meninas de 6 a 10 anos de idade; o Escoteiro, para meninos e meninas de 11 a 14 anos; o Sênior é destinado a rapazes e moças de 15 a 17 anos; e o Pioneiro é composto por rapazes e moças de 18 a 21 anos de idade.

Normalmente, são realizadas atividades uma vez por semana (em geral, aos sábados), além de excursões e acampamentos, que podem acontecer durante um final de semana ou as férias.