mulher

Síndrome do filho do meio: o que é e como evitar

sindrome filho do meio
sindrome-filho-do-meio

As mães de três filhos sabem que às vezes é preciso jogo de cintura para com as ferinhas. "Você gosta mais dele do que de mim só porque ele é pequeno ou só porque ele nasceu primeiro?" é um tipo de questionamento comum feito pelo filho do meio, que pode se sentir preterido em relação ao primogênito e ao caçula.

Leia também:

Fobia escolar: causas, sintomas e tratamento

Autoestima infantil depende dos pais e da escola

Alergias em crianças: por que aparecem e sintomas

Os pais devem ficar atentos para perceber se o pequeno está com essa sensação de ser deixado de lado. "A criança em geral sinaliza quando se sente esquecida", esclarece a psicopedagoga Edith Rubinstein. Frases como "você deu mais para ele do que para mim" ou "o deixou ir a tal lugar e eu não" podem sinalizar que há algo errado.

Como evitar

De acordo com a psicóloga Paula Nóbrega Quintal, do Instituto de Educação Madre Mazzarello, um dos erros mais comuns é a comparação entre irmãos. "Quando os pais começam a falar de um filho para o outro, muitas vezes como exemplo, levam a criança a um sentimento de inferioridade", explica.

A atenção dada aos três filhos deve ser dosada para que nenhum se sinta menos querido do que o outro. "Cabe aos adultos ficarem atentos aos pequenos sinais de que o filho do meio não está bem e escolher com cautela as melhores formas de acolhê-lo", diz a especialista.

Benefícios do filho do meio

Muito se fala em problemas com os filhos do meio, mas poucos ressaltam as vantagens e o aprendizado que a criança faz observando os irmãos. Para a psicopedagoga, muitas vezes o filho do meio é mais independente. "Geralmente, eles veem o mais velho como um ‘herói’ e tendem a imitá-lo, enquanto se sentem superiores ao mais novo por saberem mais e conseguirem coisas que o menor não consegue", explica.

Outra vantagem é que ele se torna um apaziguador, servindo de "conselheiro" nas brigas entre os irmãos. "Em muitas famílias, a preocupação com o filho do meio é tão presente que este se torna o exemplo para os demais," ressalta.