Verão faz bem aos bebês, mas pede cuidados

verao crianca
verao-crianca

Por Melina Cabral,

do Bolsa de Bebê

As férias escolares e o verão pedem passeios diferentes. Brincar na areia, entrar no mar e pular na piscina é rotina para os pequenos viajantes. Mas alguns cuidados devem ser priorizados quando os pais resolvem viajar no verão, principalmente com os bebês menores de 1 ano.

"É muito importante que os bebês tenham contato com o sol no verão, por cerca de 10 ou 15 minutos diários. O sol contribui para o desenvolvimento e crescimento da criança, auxiliando na liberação de vitamina D. Isso pode ser feito durante um passeio pela praia, antes das 10h ou depois das 16h", destaca pediatra Dra. Camila Reibscheid, do Hospital e Maternidade São Luiz.

Mesmo com todos os cuidados dos pais, a especialista orienta que bebês menores de 6 meses de idade não devem ir à praia. "Além do sistema imunológico ainda não estar preparado, a amamentação na praia não é adequada", alerta Camila Reibscheid.

A pediatra esclarece algumas duvidas aos pais para que a viagem de férias com as crianças seja livre de complicações:

Areia também é lugar de criança

A areia concentra diversas bactérias, mas fica difícil impedir os pequenos de brincarem no chão da praia. Passe livre! Crianças maiores de um ano podem e devem brincar na areia. As mães só precisam ficar de olho para evitar que eles levem as mãos à boca.

Não precisa sair da praia para comer

A criança pode comer na praia, desde que os alimentos sejam levados em frasqueiras térmicas. Dê preferência para frutas, sucos e água de coco.

Hidratação é lei!

As crianças pequenas brincam e suam muito na praia, por isso precisam se hidratar a todo o momento. Os líquidos devem ser consumidos a cada 30 minutos, evitando dar refrigerantes e picolés em excesso. Se a opção for água, as mães precisam ficar atentas à procedência.

Água do mar não é boa para o bebê

Mesmo que seja só o pezinho, o ideal é evitar que a criança tenha muito contato com a água do mar. Muitas praias não são próprias para banho e a água pode estar contaminada.

O protetor solar é o melhor amigo da pele

Ele deve ser aplicado no rosto e em todo o corpo da criança a cada duas horas, pois o suor e a água removem o produto da pele. Chapéus e bonés são ótimas opções para proteger os pequenos dos raios de sol.