Primeiros cuidados com o bebê recém-nascido

primeiros cuidados recem nascido
primeiros-cuidados-recem-nascido

A chegada de um filho é cercada de roupinhas, berço e expectativas. Os pais, principalmente os de primeira viagem, engatinham nos cuidados com o bebê recém-nascido e costumam recorrer a uma ajuda superior.

Leia também:

Rumo à maternidade

Prepare a casa para a chegada do bebê

Saiba evitar dores e rachaduras nos seios ao amamentar

Nestas horas (e em muitas outras), as avós são importantíssimas, pois além de demonstrar mais habilidade com o recém-nascido, conseguem acalmar a mãe quando ela estiver à beira de um ataque de pânico.

Primeiros cuidados com o bebê

Amamentação. Recomenda-se que até os seis meses o bebê seja alimentado apenas com o leite materno, que contém todos os nutrientes de que ele precisa. A quantidade de leite é um fator que independe das mães, por isso, se você não produzir leite suficiente para saciar o pequeno, procure o pediatra e descubram juntos a melhor alternativa.

Não há um horário rígido para alimentar o bebê: o intervalo dos mamadas pode ser de duas horas e meia a quatro horas. Até os três meses é normal o pequeno manter este ritmo até durante a noite.

Alterne os seios a cada 15 minutos, ou antes, se tiver sensação de esvaziamento. O leite é composto por 90% de água, por isso é importante que a mãe se mantenha hidratada.

Sono. Os recém-nascidos dormem cerca de 90% do tempo e só permanecem acordados para mamar. Por isso, nada de pânico! Os períodos de sono vão se encurtando até alcançar sua normalidade em torno dos seis meses de idade. Recomenda-se que os bebês durmam no quarto dos pais nos 40 primeiros dias, para evitar o risco de morte súbita. O ambiente deve ser tranquilo e iluminado.

Chupeta.A chupeta ajuda a criança a se acalmar e faz parte do desenvolvimento neuropsicomotor Contudo, muitas delas demonstram não gostar do objeto e sentem ânsia. Por isso, se o pequeno não pegar o objeto, não insista.

Cólicas. Este incomodo é absolutamente normal. No começo, a mãe deve suspeitar de cólica se o bebê chorar e estiver em uma temperatura agradável, alimentado e com a fralda limpa. Bolsa de água quente e massagens abdominais podem ajudar a resolver o problema e medicação apenas com ordem médica.

Refluxo.Para evitar o problema, é importante que a mãe amamente a criança em uma posição confortável para ambos e coloque-a para arrotar logo em seguida por cerca de 10 minutos.

Banho. A criança deve ser lavada normalmente, cabeça e tronco, com um sabonete preferencialmente neutro. Para enxuga-la, utilize uma toalha felpuda e uma fralda para limpar os ouvidos. Nada de cotonete, pois eles podem machucar o canal auditivo. A higiene íntima nas meninas deve ser feita entre os grandes lábios, sempre de frente para trás para evitar a contaminação com bactérias do ânus.

Higiene bucal. Prepare uma solução de meio copo de água e uma colher rasa de bicarbonato de sódio e limpe as gengivas do bebê com um chumaço de algodão umedecido. Isso deixará o pH da boca desfavorável para a proliferação de fungos.

Assaduras. Para prevenir assaduras, enxugue bem a área genital e passe uma camada generosa de pomada contra assaduras. O uso de talco não é recomendado, pois ressaca muito a pele do bebê.

Roupas. O bebê deve ser vestido de acordo com a sensação térmica da mãe. Agasalha-lo em um dia quente vai fazer com que ele se irrite e chore. É importante sempre optar por roupas confortáveis.

Passeios. Antes de frequentar lugares públicos, recomenda-se que a criança tenha tomado pelo menos a primeira dose das vacinas. Nas primeiras semanas o bebê precisa de tranquilidade e só deve ser levado a passeios simples, como a casa dos avós.

Não fume. A nicotina passa para a criança através do leite, bem como medicamentos anti-inflamatórios e para emagrecer.