Razões do choro do bebê

bebe chorando
bebe-chorando

Fernanda Camargo

Do Bolsa de Bebê

Ser mãe não é fácil. De primeira viagem, menos ainda. A tarefa de entender as mensagens que os bebês tentam transmitir é bem complicada, mas não impossível. Os bebês choram muito, isso é fato. E é claro que eles não são iguais – e o choro também não será –, mas há motivos específicos pelos quais eles reclamam.

Leia também:

Prepare o seio para evitar dores e rachaduras ao amamentar

Bebês também precisam cuidar das madeixas

Para quê servem os testes nos recém-nascidos?

Stella Placco, advogada e mãe de dois filhos, conta que não teve muita dificuldade com as crianças. "Eles mais choravam de fome, sono e cólica. Após identificar o tipo de choro eu proporcionava a eles o desejado, sempre com muita calma e falando em tom baixo e suave". A advogada diz que conseguia identificar alguns sinais.

Quando estão com fome, a maioria dos bebês mais produzem gemidos do que o choro de fato. E ele só irá parar quando estiverem satisfeitos. Já as cólicas provocam um choro intenso nos bebês, com tons agudos. Repare se o bebê está esticando as pernas, fazendo cara de dor ou mesmo tremendo o queixo. Para evitá-las, massageie sua barriga e movimente suas perninhas.

Quando a fralda está molhada, o bebê sente frio. O choro poderá ser fraco, baixinho e a temperatura poderá ser verificada pela nuca. Se ficarem agitados e chorando intensamente, é sinal de que estão com sono. Seus olhinhos ardem, coçam e eles não sabem o que fazer. Acalme-o em seu colo e cante uma música para ele dormir.

Entre os quatro e sete meses, normalmente, os dentes começam a nascer. Sinta a sua gengiva com os dedos para saber se esse é o caso. Os bebês também choram por sentir saudade de estarem dentro do útero das mamães. Enrole-o em um cobertor ou manta e o chacoalhe.

Com alguns sinais como esses é possível descobrir o que está perturbando-os e acalmá-los. Para as mamães de primeira viagem, Stella dá uma dica. "Saber observar e não se desesperar é muito importante, pois os bebês mais choram pelo motivo de não saberem falar". E completa dizendo que desviar o foco do choro com algo que lhes chame a atenção também contribui para acalmá-los.

Leia também:

Escolha a mamadeira certa para o seu bebê

Fique atenta! Bebês sofrem com doenças do frio

Saiba quais são os prós e contras da chupeta