mulher

Câncer ocular afeta bebês durante a gestação

cancer ocular afeta bebes
cancer-ocular-afeta-bebes

Uma pesquisa realizada por médicos canadenses descobriu um novo tipo de câncer ocular – retinoblastomna – que afeta principalmente as crianças. Este tumor maligno se desenvolve rapidamente em bebês com menos de um ano e pode levar à remoção do olho atingido.

Leia também:

Ultrassom gestacional: 10 dúvidas sobre o exame

Rotina na hora de dormir influencia no aprendizado

Depressão infantil: causas e sintomas

Ao contrário do que acontece com os outros tipos de retinobastoma, o estudo descobriu que nesta variante da doença, a presença de um único gene cancerígeno – oncogene – é suficiente para provocar o desenvolvimento do câncer no bebê que ainda está na barriga da mãe.

Os oncogenes são derivados de genes normais que levam a célula a uma divisão descontrolada, resultando em câncer. O oftalmologista Renato Neves, presidente do Eye Care Hospital de Olhos, diz que os pais devem prestar muita atenção aos olhos do bebê. Além de levar a criança com menos de seis meses a um primeiro checkup oftalmológico, é fundamental notar alterações como um brilho amarelado ou esbranquiçado nos olhos.

Sintomas do câncer ocular

Nas fotos, não raro, aparece um olho avermelhado, por causa do flash, e o outro esbranquiçado. Este é um forte indício de que algo deve ser investigado. As doenças oculares tendem a progredir rapidamente, por isso os pais devem prestar atenção no brilho dos olhos da criança. "Um brilho diferente pode ser sinal de retinoblastoma ou de infecções congênitas como a toxoplasmose, malformações retinianas, presença de diferença de graus ou miopia e astigmatismo acentuados", afirma o especialista.

Tratamento

Retinoblatomas são raros, mas podem levar à perda da visão ou até mesmo à morte. Quando diagnosticado precocemente, o câncer pode ser destruído e o olho preservado, mas em casos mais graves, a retirada do olho necessária para que a doença não evolua e se espalhe para outras partes do corpo.