Como salvar um relacionamento em crise

como salvar relacionamento em crise 1
Thinkstock

Um relacionamento sempre passa por altos e baixos e é normal que haja problemas. Mas quando esses problemas se tornam constantes e, aparentemente, difíceis de serem resolvido, a única solução parece ser terminar a relação. Mas, segundo o psicólogo e coach João Alexandre Borba, se os dois lados ainda estiverem dispostos a tentar, existem algumas atitudes que podem ajudar a resolver os problemas e voltar a ter um convívio saudável e feliz. 

Leia também:Amizade colorida ou compromisso? Sinais de que o relacionamento casual está ficando sérioNamorado com filhos: como lidar?7 sinais de que o amor acabou (e talvez você não tenha percebido)

Relacionamento saudável

como salvar relacionamento em crise 3
Thinkstock

"Um dos maiores segredos para salvar uma relação que está afundando é colocar-se de frente para o outro e verificar quais são as expectativas de cada um para o relacionamento", diz. Isso porque, às vezes, as duas pessoas pensam totalmente diferente uma da outra. "É preciso esclarecer isso, alinhar as ideias e deixá-las compatíveis", orienta.

Se já é difícil manter um relacionamento saudável, a tarefa fica ainda mais complexa quando cada uma das partes deseja coisas diferentes. Mas isso não significa que ambos devem pensar exatamente igual em relação a tudo. O próprio amor, ponto chave de qualquer relação, é diferente para cada pessoa. "Para uns, o amor é quando o casal tira um tempo fora da rotina para ficar juntos, planeja uma viagem ou ocasiões especiais, enquanto, para outros, o amor é aquilo que se faz presente no dia-a-dia, a convivência", explica. 

Relação desgastada: o que fazer?

como salvar relacionamento em crise 2
Thinkstock

São essas divergências que, ao longo da convivência, fazem com que haja um desgaste da relação, já que no início as pessoas se esforçam para ser agradáveis, fazendo com que a expectativa em relação a elas fique alta, mas, com o passar do tempo isso muda, e as expectativas precisam estar alinhadas. "É preciso estar crente de que ninguém não vai namorar por anos aquela pessoa do primeiro encontro, assim como você também não será para sempre a mesma pessoa do primeiro encontro. Os sentimentos evoluem", explica.

E é buscando suprir essa expectativa que muitos casais acabam cometendo traições. A dica do profissional para evitar que isso aconteça é que cada um do casal faça duas listas, uma pontuando as expectativas ao relacionamento e outra relatando as expectativas específicas quanto ao companheiro. "Depois disso, o casal deve sentar-se junto e conversar sobre aquilo que foi escrito", diz.