pop

Copiou? 5 séries de TV acusadas de plágio

Divulgação

Alguns de nossos programas favoritos foram acusados de utilizar materiais já existentes para construir o roteiro, ou alguma nuance da história. Essas acusações nem sempre estão certas, mas mesmo que não estejam, acabam abrindo espaço para a discussão da propriedade intelectual no universo da televisão.

Conheça alguns exemplos que foram chamados de plágio em séries de TV:

Veja também:

“The Big Bang Theory”

Edith Newlin, a filha de uma poetisa que escreveu o soneto “Soft Kitty”, chegou a processar o programa por um suposto plágio desse título, da famosa canção cantada por Sheldon em 9 episódios da série, assim como o material promocional dela. Os detalhes do processo são tão exatos que incluem as datas em que a música foi cantada pelo elenco na Comic Con, evento sobre HQs, séries e filmes.

“Empire”

Várias pessoas alegaram que o programa é baseado em suas vidas. Puff Daddy é um deles, e alegou que “Empire” trata desde o assunto da homossexualidade até todos os detalhes de sua vida. O cantor e empresário chegou a processar o seriado em US$ 1 milhão, e proibiu que seu filho Quincy atuasse no programa.

“Ballers”

No seriado de comédia da HBO, The Rock e Mark Walhberg são dois dos produtores processados por parte de outro programa, o “Off Season”. A acusação é motivada pelas duas séries se passarem em Miami e falarem de jogadores da NFL, liga de futebol americano. Aparentemente, os produtores de “Off Season” tentaram vender a série para Walhberg e sua equipe, mas a oferta foi recusada, e aí que surgiu a ideia de “Ballers”.

“Power”

50 Cent está sempre vinculado a algum tipo de polêmica. Desta vez, a fonte do problema é a trama do seriado “Power”. Larry Johnson, autor do texto “Tribulation of a Ghetto Kid”, alega ter entregado o documento a um empregado da G-Unit Books, e foi daí que o rapper teria tido a ideia para o personagem Ghost. O processo envolve US$ 200 milhões.

“New Girl”

Duas mulheres que escreveram o roteiro de um programa chamado “Square One”, sobre uma mulher que descobre ter sido traída e vai morar com três homens solteiros, processaram os produtores de “New Girl” por plágio. Aparentemente, as acusações têm fundamento, pois a Fox ofereceu um acordo de US$ 10 mil às roteiristas para encerrar o processo.