explore

Conheça os hábitos que fazem a bateria do seu celular acabar MUITO rápido

celular descarregado
Georgejmclittle/Shutterstock

Por mais que a gente procure se conter, não tem jeito. Vai chegando o fim do dia e aquele indicador do nível de bateria do smartphone parece gritar na nossa cara: "Vai acabar! Você vai ficar na mão!". Mas, afinal, quais "pecados" cometemos para merecer um castigo desse? O que podemos fazer de diferente? 

Em primeiro lugar, é importante saber que aquela história de precisar deixar a bateria descarregar totalmente e só então carregá-la não é mais verdadeira - só valia para baterias antigas. Hoje, as baterias de lítio podem ser recarregadas várias vezes que não tem problema. O recomendado é que você as deixe recarregar completamente apenas uma vez ao mês para mantê-las calibradas.

Alguns especialistas dizem que o nível da bateria deve ser mantido sempre na casa dos 60% (entre 40% e 80%) a fim de garantir uma boa performance por mais tempo. Deixar a noite toda na tomada não adianta nada, uma vez que ainda assim ela vai perdendo capacidade de armazenamento com o passar do tempo.

Quanto mais aplicativos...E, no final das contas, não tem segredo. Quanto mais aplicativos você utilizar, mais rápido irá gastar sua bateria. O ideal é ir lembrando de fechar todos após o uso, como Bluetooth e GPS, por exemplo. Até mesmo o Wi-fi aumenta o consumo, portanto é conveniente desligá-lo se você estiver precisando poupar bateria. Games também são outros grandes consumidores de bateria, então se você se joga de cabeça neles não adianta esperar que a bateria vá aguentar 24 horas.

Calor é grande inimigoOutra coisa que você deve evitar é manter seu smartphone muito tempo em ambientes quentes demais, como no interior de veículos fechados e sob o sol. As baterias de lítio odeiam o calor, e elas perdem a capacidade de armazenamento à medida em que a temperatura esquenta.

Mais: Conheça 10 dicas para ganhar espaço no IPhone