explore

Entenda por que o preço do Uber flutua tanto

uber div
Divulgação

O aplicativo norte-americano criado em 2010, que oferece serviço de transporte, já gerou inúmeras polêmicas por aí. Dentre tantas, uma delas gira em torno de como é calculado o preço cobrado.

O valor estabelecido pelo serviço é baseado na famosa lei da oferta e procura: é feito um balanço do número de motoristas disponíveis e a quantidade de clientes que procuram atendimento.

Leia também: Estupro, protestos, encargos: entenda a polêmica do Uber no mundo

Quando existe um equilíbrio entre esses valores, um valor X é cobrado; quando a diferença entre eles é muito grande, por exemplo quando existem muito mais clientes do que taxistas, o valor cobrado tem um fator de multiplicação sobre o valor X, deixando-o mais caro.

Por que isso acontece?

uber espanha
Getty Images

O chamado preço dinâmico tem o objetivo de permitir que o Uber atenda os clientes em todas as situações, já que os profissionais do Uber são profissionais autônomos, e trabalham quando acham necessário.

Então, a ideia é que o aumento do valor seja um incentivo para que mais motoristas se interessem em oferecer o serviço, já que o valor está mais alto, e eles poderão lucrar mais.

Com o aumento da oferta, busca-se estabelecer novamente o equilíbrio entre oferta e procura, para que os preços possam voltar ao normal.

Estes aumentos costumam acontecer em grandes eventos, como o Ano Novo, ou em outras situações em que o serviço fica sobrecarregado.

Polêmica

aumentotarifauber div
Divulgação

Muitos consumidores já tiveram problema com a questão, afirmando que não foram avisados da cobrança com o valor maior.

Em algumas situações, o valor de uma corrida do app pode chegar a atingir 8 vezes o valor normal. Algumas entidades de defesa do consumidor alegam que, apesar de ter explicação e ser aplicado em todos os países onde o Uber atua, o valor cobrado é abusivo.

Confira também: Em 5 anos, taxi-robô circulará pelas ruas de Tóquio

Conforme indicado no site do aplicativo, a medida é comunicada ao cliente sempre que está ativa, antes do pedido de "recolha".

O usuário tem, então, a opção de aceitar ou não a viagem mais cara. É possível também solicitar que o app envie um aviso quando a tarifa tiver voltado ao normal.