6 curiosidades sobre Chris Rock, apresentador do Oscar 2016

Getty Images

O comediante Chris Rock foi o grande anfitrião do Oscar 2016. A Academia o convidou novamente para apresentar a cerimônia, depois da edição que ele estrelou em 2005.

Ironicamente, o chamado ‘Oscar branco’ teve um apresentador negro. Em meio a protestos e boicotes contra a falta de diversidade entre os indicados, apoiado por Spike Lee, Will e Jada Smith, muitos pediram que Rock desistisse do convite e se juntasse aos artistas que apoiavam a causa. Porém, ele cumpriu com a tarefa, e fez um discurso carregado de críticas à própria Academia.

O humor ácido de Chris Rock não é novidade para ninguém. Ele começou o monólogo inicial da cerimônia chamando o Oscar de “White People Choice Awards” (“premiação das pessoas brancas”), e arrancando reações de surpresa da plateia. Seu discurso foi polêmico para os dois lados, pois Rock também ironizou os artistas do boicote.

O comediante sofreu racismo. Na infância, ele era o único aluno negro de uma escola branca, pois seus pais o mandaram estudar em um bairro afastado da periferia onde morava. Sua infância foi contada na série “Todo Mundo Odeia o Chris”,  (que ele criou e narrou) que misturava humor e ironia para contar a história de Chris Rock. Ele também participou de outros programas da televisão, como o “Saturday Night Live” e “Big Ases Jokes”.

Confira a seguir 6 curiosidades sobre a vida de Chris Rock.

Veja também:

7 provas de que o Oscar 2016 cravou seu lugar na história

6 outras atuações do protagonista de “Todo Mundo Odeia o Chris”

Getty Images

#1 O ator e produtor tem 51 anos, por incrível que pareça, e nasceu na Carolina do Sul, Estados Unidos. Quando ele ainda era criança, mudou-se com sua família para o Brooklyn, em Nova York, cenário da série “Todo Mundo Odeia o Chris”.

#2 Rock teve a ajuda de Eddie Murphy no começo de sua carreira, o que o levou a seu primeiro papel em um filme, “Um Tira da Pesada II”.

Divulgação

#3 O final de “Todo Mundo Odeia o Chris” deixou várias dúvidas no ar. Isso por que, seguindo a história real, seu pai Julius morreria em breve, Chris começaria os trabalhos de comediante e a mãe Rochelle ficaria desolada com a perda do marido, o que perderia o tom que o seriado construiu.

#4 A emissora americana Comedy Central colocou Rock entre os cinco melhores comediantes de stand-up de todos os tempos.

#5 Ele já ganhou três Grammys por seus álbuns de comédia “Roll With the New” (1997), “Bigger and Blacker” (1999) e “Never Scared” (2006).

#6 Em 2005, ao apresentar o Oscar, Rock fez uma piada em que criticava Jude Law, dizendo que ele era um “Tom Cruise mais barato” e fez todos os filmes do ano anterior. O ator ficou tão ofendido que rescindiu seu contrato com seu agente da CAA, empresa que o consagrou no mundo do cinema. Sim, não parece fazer sentido. Mas é se como a empresa não o tivesse protegido da piada... vai entender.