pop

Filmes sobre cinema: 10 momentos em que a arte buscou inspiração em si própria

Divulgação

O cinema sempre foi um prato cheio para o próprio cinema. A arte de roteirizar, produzir e dirigir um filme é constantemente abordada nas telonas, como tema principal ou pano de fundo para outros dramas. O mesmo vale para os altos e baixos da carreira de atores e cineastas.

Os filmes a seguir fazem parte deste grupo. Alguns são clássicos absolutos, outros não passam de uma leve diversão: variedade que reflete a própria magia do cinema:

#10 - “Oito e Meio” (1963)

Um diretor em crise de criatividade se refugia e passa a misturar passagens da própria vida com sonhos neste clássico de Federico Fellini.

#9 - “Dirigindo no Escuro” (2002)

Neste filme mediano da carreira de Woody Allen, o cineasta brinca com seu ofício ao interpretar um diretor que perde a visão e ainda assim consegue realizar um filme.

#8 - “Um Lugar Chamado Notting Hill” (1999)

Julia Roberts praticamente interpreta a si própria neste romance, no qual uma famosa atriz de Hollywood, perseguida pela imprensa sensacionalista britânica, se apaixona por um sujeito pacato e atrapalhado (Hugh Grant).

#7 - “A Invenção de Hugo Cabret” (2011)

Martin Scorsese faz uma homenagem aos primórdios do cinema neste poético filme.

#6 - “Ed Wood” (1994)

Em um dos melhores papeis de sua carreira, Johnny Depp interpreta o maluco diretor de filmes B, sempre apaixonado pelo cinema.

#5 - “Saneamento Básico, o Filme” (2007)

Esta comédia produzida no Rio Grande do Sul aborda dois problemas básicos do país: a falta de apoio à Cultura e a carência de saneamento básico em milhares de cidades.

#4- “Crepúsculo dos Deuses” (1950)

Clássico sobre uma estrela do cinema mudo que caiu no esquecimento com o advento do som nos filmes.

#3 - “Cantando na Chuva” (1952)

Outro clássico que também aborda a difícil transição do cinema mudo para o falado.

#2 - “Boogie Nights: Prazer Sem Limites” (1997)

O foco aqui é a produção do cinema pornô e sua era “romântica”, nos anos 70 e 80.

#1 - “Walt nos Bastidores de Mary Poppins” (2013)

Um tanto melodramático, este filme brilha quando mostra o processo de produção de um dos maiores clássicos de Walt Disney no cinema.