explore

5 dicas para amenizar a enxaqueca crônica

Shutterstock

Dores de cabeça são extremamente incômodas em qualquer situação. Atrapalham a concentração, os processos cognitivos e provocam sonolência, acabando com o dia de qualquer pessoa. Agora imagine sofrer desse problema constantemente. Terrível, não?

A enxaqueca crônica é uma condição recorrente que afeta cerca de 20% das mulheres e 10% dos homens durante a vida, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cefaleia. O diagnóstico deve ser feito com cuidado, pois existem vários tipos de dores de cabeça, que podem sinalizar um problema mais grave.

Os principais sintomas são fortes dores, náuseas, vômitos e sensibilidade à luz, e as crises podem durar até 72 horas. A condição crônica é a ocorrência da enxaqueca por 15 ou mais dias do mês, sendo oito dias com crises, durante pelo menos três meses.

Veja também:

5 curiosidades do app que prevê quando você vai ter enxaqueca

13 coisas que, em excesso, podem te matar

Shutterstock

Não existe uma causa específica para a enxaqueca. Elas são influenciadas pela genética e podem ter relação com a estrutura do cérebro, pois a dor é acionada pela reação de células nervosas a estímulos externos. Estes podem ser estresse, sono excessivo, jejum prolongado e gatilhos sensoriais em excesso, como aromas e sons fortes.

O tratamento é feito com remédios analgésicos e anti-inflamatórios, podendo também ser antidepressivos. Porém, eles variam de acordo com o diagnóstico, que deve ser acompanhado por um neurologista.

Na hora da crise, os remédios podem demorar a fazer efeito. Algumas medidas podem amenizar a dor, ainda que por alguns instantes. Confira a seguir:

#1 Ficar em um ambiente escuro. A luz estimula os neurotransmissores cerebrais, que podem agravar a crise de enxaqueca.

#2 Tomar muita água e soluções hidratantes. É importante para aprimorar as funções cognitivas, que se prejudicam nas crises de dor. Como vômitos são usuais, a medida também ajuda na reposição de nutrientes.

Shutterstock

#3 Massagem. A medida é paliativa, e libera os nódulos de tensão na base do pescoço e na cabeça, provocando o relaxamento gradual do cérebro.

#4 Cafeína. Tomar uma dose de café pode aliviar a dor momentânea, o que explica a substância na composição de analgésicos que tratam o problema. Porém, em excesso, as dores podem piorar.

#5 Calor e frio. Compressas com gelo ou água quente na testa ou pescoço podem amenizar os picos de dor na cabeça.