explore

Os desafios para as cidades se livrarem das enchentes

Getty Images

Até que ponto as grandes enchentes ocorrem pode descaso do poder público, e até que ponto são inevitáveis nas grandes cidades? Ter conhecimento sobre este tema ajuda como cobrar os gestores públicos e como ajudar com sua parte, tanto com ações cotidianas, quanto com decisões na hora de reformar ou construir.

#5 - Solo

Como sabemos, o solo excessivamente pavimentado das grandes cidades favorece as enchentes. Afinal, a água não é absorvida pela terra e ainda corre mais rápido até pontos de acúmulo. Mudar o tipo de pavimento, privilegiando tecnologias que favoreçam a absorção da água, é uma boa saída.

#4 - Mais áreas verdes

As áreas ao redor de rios deveriam ter largas faixas de terra coberta por vegetação, sem grandes avenidas tão próximas. Além do mais, prédios modernos devem privilegiar maneiras inteligentes e ecológicas de lidar com o problema, como os “tetos ecológicos” (com terra e plantas) e piscinões próprios para acúmulo e reuso da água.

#3 - Lixo

Dá até vergonha ter de dizer o óbvio, mas jogar lixo no chão, além de córregos e rios, favorece as enchentes. Não apenas por entupir os bueiros, mas também por deixar os rios e suas margens mais rasos e estreitos.

#2 - Cuidado com rios e córregos

É normal que rios e córregos transbordem em épocas de chuva. Isso ocorre mesmo em locais com a natureza 100% preservada. O poder público, portanto, não deveria permitir a construção de ruas e moradias em locais às margens de córregos abertos.

#1 - Saneamento

A falta de saneamento básico também colabora para as enchentes em áreas carentes, uma vez que detritos são jogados nos córregos (isso sem falar nos problemas de saúde).