explore

6 hábitos de sono surpreendentes ao redor do mundo

shutterstock 89089429
shutterstock.com

Você já sentiu como se a decisão mais difícil de fazer em relação a dormir fosse dormir de barriga para cima ou de bruços? E isso é só a ponta do iceberg,

Sono adequado é uma parte essencial de ser saudável, mas muitas pessoas sofrem de insônia ou problemas na hora de dormir, mas como o resto do mundo dorme? Veja seis hábitos surpreendentes sobre o sono ao redor do mundo:

Japão

shutterstock 263748422
shutterstock.com

Tirar um cochilo para subir na escada corporativa

Os japoneses chamam a tradição cultural de tirar um cochilo no trabalho de “inemuri”, que significa “estar dormindo enquanto presente”. Está longe de ser tabu: na verdade, é destinado a transmitir quão cansada está uma pessoa por trabalhar demais. Uma razão para isso pode ser que os japoneses são os que dormem menos do que qualquer outra população do mundo, com apenas 6 horas e 22 minutos por noite, em média. Os cochilos também podem melhorar seu desempenho no trabalho: estudos mostram que o hábito pode te deixar mais criativo, alerta e focado.

Reino Unido

shutterstock 89089429
shutterstock.com

Dormir sem roupa

Um terço dos britânicos dizem dormir pelados, o que pode ter uma série de benefícios para a saúde, incluindo melhor regulação da temperatura corporal, e maior conexão com seu parceiro.

Austrália

shutterstock 1957468
Glenn W. Walker / Shutterstock.com

Dormir em grupo

Yasmine Musharbash, uma antropóloga na Universidade de Sidney, relata que dormir em grupo é uma “preferência cultural marcante” na comunidade aborígena. “As pessoas sempre dormem em companhia de outras”, ela disse. “Você dorme em uma fileira de camas, colchões ou tapetes”. As fileiras são feitas para proteger os vulneráveis, como as crianças e os mais velhos, com adultos fortes dormindo nas extremidades.

México

sono1
FRANCOIS LE DIASCORN VIA GETTY IMAGES

Dormir em redes

A indústria das redes é imensa na península de Yucatán, no México, desde os tempos coloniais. Muitas pessoas preferem redes a camas, mas não existem evidências que comprovem qual opção é melhor.

Botswana e Zaire

shutterstock 253751518
LUCARELLI TEMISTOCLE / Shutterstock.com

Sem planejamentos

Em muitas tribos modernas, como a de Botswana e Zaire, “o sono é um estado muito fluido”, diz a antropóloga Carol Worthman. “Eles dormem quando sentem vontade – durante o dia, à tarde, no fim da noite,” não em um bloco recorrente, como a maioria das sociedades ocidentais, ela diz.

Especialistas em remédios para dormir dizem que dormir quando você está cansado é um ótimo jeito de descansar melhor e desviar da “ansiedade do sono”.

Indonésia

shutterstock 374120524
joyfull / Shutterstock.com

“Sono do medo”

Pessoas da ilha indonésia de Bali foram observadas exibindo um comportamento chamado “sono do medo”. Em situações estressantes, eles podem cair em um sono profundo instantaneamente, uma prática considerada uma “aquisição cultural”.

Os balineses estão certos: dormir pode ajudar a reduzir, ou até apagar a resposta ao medo, de acordo com estudos.