explore

13 coisas que, em excesso, podem te matar

perigo
divulgação

Que atire a primeira pedra quem nunca ouviu sua mãe falando "tudo em excesso é ruim!". Pois é, ela tinha razão! Desde comidas, até condições do tempo, e fatos sobre o nosso corpo, tudo em excesso faz mal, e para tudo existe uma dose letal. Quer saber quais são? Veja na lista!

#1 - É necessário ingerir apenas 200mg de Mercúrio para que você morra. 

#2 - Já 1 grama de Polônio vaporizado libera "veneno" o suficiente para matar 50 milhões de pessoas. 

#3 - 70 xícaras de café contém cafeína o suficiente para matar uma pessoa de 70 quilos. Essa quantidade pode gerar palpitações no coração, ou até uma parada cardíaca.

cafe 0
reprodução

#4 - Bebidas alcoólica (vodca, uísque, tequila, etc) –  13 shots consecutivos podem ser letais – o álcool é um deprimente, então afeta a parte do cérebro que controla funções básicas da vida, como respiração, e a pulsação do coração.

#5 - Muito líquido em geral pode ser perigoso – se você beber 6 litros de água as células do seu cérebro vão inchar, provocando dor de cabeça, coma e até a morte em casos mais extremos.

#6 - Porém, se você parar de beber água, ou consumir muito sal, as células começam a encolher – levando à chamada Hipernatremia – 48 colheres de chá do seu condimento favorito são o suficiente para causar essa reação.

#7 - Colocar sua cabeça embaixo d’água ou simplesmente segurar o ar durante 4 minutos é o tempo suficiente para faltar oxigênio no seu sangue e causar sérios danos no seu cérebro. Se prolongar para 6 minutos, você pode morrer. Apesar disso, alguns mergulhadores conseguirem segurar o fôlego por até 20 minutos.

afoga
reprodução

#8 - É por volta de 24 mil metros de altura acima do nível do mar que nosso corpo perde a capacidade de se climatizar com o oxigênio limitado. Isso é conhecido como a “zona da morte” no montanhismo.

#9 - Ser alto demais também é um problema. Nos anos 30, Robert Wadlow media 2,47 metros. Essa altura colocava extremo estresse no seu sistema circulatório, pressão estrutural nos seus ossos, e ele morreu aos 22 anos. Cientistas concluíram que cada 0.02 cm excedentes de 1,5 metros tira 1,3 anos da sua expectativa de vida.

#10 - Se você se preocupa com a vida do seu pet, você já deve ter ouvido que não é certo dar chocolate a eles. O mesmo elemento químico, Teobromina, que é letal para os cachorros, pode ser para nós também, se comermos 85 barras de chocolate de uma vez.

chocolate
reprodução

#11 - Falando em comer, você precisaria ingerir 22 quilos de maconha para estar sob risco de morte. Se em vez de ingerir, fumá-la, a quantidade aumenta consideravelmente: serão necessários 680 quilos para causar uma overdose após 15 minutos da ingestão, o que explica porque nunca houve uma morte documentada por overdose de maconha.

#12 - Ouvir música também é muito bom, mas não atinja mais do que 185 decibeis, que é o necessário para causar uma pressão tão forte nos seus pulmões que os farão explodir, ou, no mínimo, provocar uma embolia que irá para o seu coração.

#13 - Ouvir música alta é legal, mas pode acordar os vizinhos. Aliás, e o sono? Não se sabe ao certo quantos dias uma pessoa pode ficar sem dormir até morrer, mas experimentos feitos com ratos de laboratório provaram que eles conseguem ficar até 2 semanas sem dormir. O recorde humano foi de 11 dias.  

dormir
reprodução