explore

5 mascotes de homens que tiveram muito poder na história

mascotes celebres5
Thinkstock

O homem se modernizou, mas nunca deixou de apreciar a companhia de um mascote. Alguns desses bichos ocuparam posições de destaque por causa de seus donos.É difícil imaginar Adolf Hitler chegando em casa cansado depois de mais um dia de guerra e acariciar sua adorável cadela...Veja a seguir 5 animais de estimação de homens que tiveram muito poder:

5. O cavalo de Calígula

[[{"fid":"1002610","view_mode":"default","fields":{"format":"default"},"type":"media","link_text":null,"attributes":{"class":"media-element file-default"}}]]O monarca Calígula gostava mais de seu cavalo do que de seus amigos, ao menos mais do que dos integrantes do senado romano. Incitatus tinha um estábulo de mármore e marfim e um exército de peões a seu dispor. Dormia coberto e nas noites que antecediam suas corridas, ninguém podia fazer um ruído sequer em Roma para não atrapalhar o animal. Reza a lenda que Calígula quis nomear o seu cavalo como Cônsul, talvez para ridicularizar os senadores.

4. A girafa de César[[{"fid":"1002611","view_mode":"default","fields":{"format":"default"},"type":"media","link_text":null,"attributes":{"class":"media-element file-default"}}]]O povo romano ficou atônito quando, em 46 a.C, César lhes apresentou um estranho animal, uma mistura de camelo e leopardo, pelo qual ele parecia sentir especial carinho. Era uma girafa. César a levou de Roma até Alexandria e dizem que ela foi a primeira girafa a respirar ares europeus. O imperador acabou perdendo o interesse por sua mascote e a girafa acabou no estômago de outro animal em alguma feira do Coliseo.

3. Os gatos de cardeal Richileu[[{"fid":"1002612","view_mode":"default","fields":{"format":"default"},"type":"media","link_text":null,"attributes":{"class":"media-element file-default"}}]]O verdadeiro homem influente da França entre os anos 1624 e 1642 tinha uma “manada” de gatos, que era a sua principal distração quando não estava no meio de uma intriga da alta política. Em seu testamento, o cardeal deixou casa e dinheiro suficiente para manter seus gatos por muito mais do que sete vidas.2. A cadela de Hitler[[{"fid":"1002613","view_mode":"default","fields":{"format":"default"},"type":"media","link_text":null,"attributes":{"class":"media-element file-default"}}]]A raça da cadela de um fanático pela superioridade ariana só podia ser pastor-alemão. Nem sequer a sua amada Eva Braun recebia tanto carinho quanto a cadela Blondi. Os poucos documentos em vídeo que mostram o füher relaxado e carinhoso estão relacionados à Blondi. Hitler ordenou que a envenenassem pouco antes de suicidar-se.1. O tigre de Vladimir Putin[[{"fid":"1002614","view_mode":"default","fields":{"format":"default"},"type":"media","link_text":null,"attributes":{"class":"media-element file-default"}}]]Presentearam, em 2008, o presidente da Rússia com um filhote de tigre de dois meses. Putin o manteve por alguns dias, mas parece que o sonho de se tornar o herói da recuperação da glória perdida de seu país ocupou todo o seu tempo e o mascote foi enviado para um zoológico.