pop

10 filmes para entender o mundo do futebol

o milagre de berna filme
Divulgação

Da paixão à cartolagem. Da mudança de comportamento à mudança de drible. Do poder econômico à derrocada de um craque.

O futebol vai muito além da bola em campo, e o cinema já nos presenteou com zilhões de motivos para entender, questionar e se emocionar com o esporte mais querido do mundo.

Por isso, selecionamos 10 dos melhores filmes para entender a importância do futebol:

“Garrincha: Alegria do Povo” (1963)

O ‘anjo das pernas tortas’ Mané Garrincha foi um dos maiores dribladores em campo de todos os tempos. Pelo Botafogo (e pela Seleção Brasileira de 1962), mostrou como um ponta-direita pode ser decisivo nas partidas. Este documentário de 1963 mostra os melhores momentos de sua carreira no futebol.

“Febre de Bola” (1997)

Baseado no livro de Nick Hornby, o filme mostra o fanatismo do professor Paul Ashworth (Colin Firth) pelo clube inglês Arsenal. Ele acredita que a devoção ao time é benéfica, até que conhece Sarah Hughes (Ruth Gemmell), que faz com que o torcedor tenha nova perspectiva sobre a sua relação com o futebol. O filme foi dirigido por David Evans e gahou uma versão norte-americana  (“Amor em Jogo”, de 2005), estrelando Drew Barrymore e Jimmy Fallon.

“Boleiros: Era Uma Vez o Futebol” (1998)

Filme de Ugo Giorgetti que relembra diversas situações de ex-jogadores. É obra elementar para entender a transformação do mundo do futebol: da paixão ao negócio.

“O Milagre de Berna” (2003)

Depois da Segunda Guerra Mundial, a Alemanha estava financeiramente um fiasco. Vencer a Copa do Mundo de 1954 levantou a moral do País, além de influenciar a história de uma família que passava por problemas e de um repórter russo que vai cobrir o evento esportivo, realizado na Suíça. Dirigido por Sönke Wortmann, “O Milagre de Berna” tornou-se uma das maiores bilheterias na Alemanha, levando 6 milhões de espectadores ao cinema.

“Pelé Eterno” (2004)

O documentário definitivo sobre o maior jogador do Brasil, “o maior atleta do século”. Com 1.283 gols feitos e três Copas do Mundo conquistadas pela Seleção, Pelé mobilizou multidões nos estádios ao redor do mundo, com gols marcantes e passagens importantes por clubes como Santos e Cosmos (dos Estados Unidos).

“O Mundo aos Seus Pés” (2006)

O documentário mostra o repentino crescimento do clube norte-americano Cosmos. Numa grande jogada de marketing, o empresário Steve Ross se apaixona pelo futebol e decide transformar a equipe em uma grande força. A partir do momento que contrata craques como Pelé, Beckenbauer, Carlos Alberto Torres e Chinaglia, atrai o público de seu país, chegando a lotar o estádio do Cosmos com mais de 70 mil pessoas.

“Zidane: Um Retrato do Século XXI” (2006)

Profunda observação de um craque em campo. Colocaram 17 câmeras numa icônica partida entre Real Madrid e o Villareal. O carrasco da seleção brasileira na Copa de 1998 dribla, corre, se posiciona, faz passes importantes… A melhor forma de explicar como o atacante francês tornou-se um dos melhores jogadores dos últimos anos, pura e simplesmente. Basta vê-lo jogar – algo que fica ainda mais interessante com a trilha sonora da banda escocesa Mogwai.

“Maradona” (2008)

Se você tem certeza que Pelé é melhor que Maradona, vai passar a levantar dúvidas após assistir o documentário do premiado Emir Kusturica (que já levou duas Palmas de Ouro em Cannes). Além de mostrar a vida do ex-jogador, Kusturica faz inteligente assimilação com o momento político da Argentina durante a atuação de Maradona e a importância do ídolo em seu país.

“Heleno” (2011)

O filme de José Henrique Fonseca mostra a trágica história de Heleno de Freitas, um dos mais promissores jogadores de futebol do Brasil. Ambientado nos anos 1940, o longa mostra o ator Rodrigo Santoro encarnando o excêntrico jogador que havia estudado Direito, era apreciador de jazz e literatura russa e ‘comeu’ a bola quando atuou no Botafogo e São Paulo.

“Lições de Um Sonho” (2011)

O futebol serviu como instrumento pedagógico para que o professor Konrad Koch (Daniel Brühl) trouxesse aos seus alunos alemães importantes valores como respeito e trabalho em equipe. Koch havia se formado na Universidade Oxford, onde aprendeu o verdadeiro significado do esporte bretão. O filme é ambientado na segunda metade do século XIX, período em que o Império Alemão via a Grã Bretanha como rival. Esse sentimento foi repassado para a sociedade alemã da época, portanto, as barreiras para que os alunos aprendessem pelo futebol eram maiores. “Lições de Um Sonho” é baseado numa história real e grande exemplo de como o esporte pode ser transformador ao ensinar como lidar com a vida.