7 grandes cientistas da história com transtornos psicológicos

Muitos cientistas contribuíram para os avanços culturais e tecnológicos de nossa sociedade, porém apesar do reconhecimento que esses gênios adiquiraram graças a suas invenções e descobertas, alguns com grande destaque na história sofriam de transtornos psicológicos. Confira 7 grandes cientistas com transtornos psicológicos:7. Isaac NewtonSem dúvida é um dos maiores cientistas de todos os tempos. Matemático, físico e inventor, que estabeleceu as bases da mecânica quântica, possuía uma inteligência surpreendente mas sofria de alguns transtornos psicológicos. Ele alternava seu humor frequentemente e tinha graves crises psicóticas. Tudo isso parece se identificar com a esquizofrenia e desordem bipolar.6. John Nash[[{"fid":"1001724","view_mode":"default","fields":{"format":"default"},"type":"media","link_text":null,"attributes":{"alt":"John Nash foi diagnosticado com esquizofrenia aos 29 anos","title":"John Nash foi diagnosticado com esquizofrenia aos 29 anos","class":"media-element file-default"}}]]O grande matemático John Nash, ganhador do premio Nobel de economia de 1994, autor de grandes contribuições para a geometria, o cálculo diferencial e a teoria do equilíbrio, foi diagnosticado com esquizofrenia paranoide aos 29 anos.  Por essa razão, Nash foi internado algumas vezes, sofrendo de delírios e alucinações.5. Kay Redfield Jamison[[{"fid":"1001725","view_mode":"default","fields":{"format":"default"},"type":"media","link_text":null,"attributes":{"alt":"Kay Redfield tinha transtorno bipolar","title":"Kay Redfield tinha transtorno bipolar","class":"media-element file-default"}}]]Doutora em psiquiatria, Kay desenvolveu grandes avanços sobre o Transtorno Bipolar. Entretanto, a doutora sofria de Depressão com Surtos Psicóticos. Ela foi considerada a melhor doutora nos EUA e foi escolhida pela revista Time a “heroína da medicina”.4. Charles DarwinCharles Darwin é um dos mais importantes cientistas da história, sua principal contribuição para o mundo foi a teoria da evolução das espécies através da seleção natural.O que poucos sabem é que Darwin sofria de Agorafobia, uma doença relacionada ao pânico, a qual os portadores evitam ambientes abertos e lugares em que se sintam inseguras. Em alguns casos, essa doença pode fazer com que a pessoa tenha medo de ficar em casa sozinha, necessitando de companhia por todo o tempo.3. Kurt GödelO grande matemático Kurt Gödel, que contribuiu com o teorema da completude, sofria de Transtorno Delirante Persecutório. Este transtorno consiste na crença de estar sofrendo algum tipo de perseguição, traição e etc... No caso de Kurt, sua crença era de que alguém sempre queria envenena-lo, portanto, ele só comia o que sua esposa preparava e só após ela provar a comida. O matemático morreu após sua esposa ficar internada, pois neste período ele não comeu nenhum alimento.2. Nikola Tesla[[{"fid":"1001730","view_mode":"default","fields":{"format":"default"},"type":"media","link_text":null,"attributes":{"alt":"Nikola Tesla sofria de TOC","title":"Nikola Tesla sofria de TOC","class":"media-element file-default"}}]]Tesla é considerado o maior inventor do século XX e sofria de transtorno obsessivo compulsivo(TOC). Os sintomas eram muito severos, como fobia a germes, obsessão com o número 3 e usar 18 guardanapos para comer, caso contrario, não jantaria com uma mulher. Estes problemas desenvolvidos em sua vida fizeram com que ele quase se internasse em um ambiente que lhe permitisse apenas concentrar em suas pesquisas científicas, para evitar o contato com a sociedade.1. Alan Turing[[{"fid":"1001721","view_mode":"default","fields":{"format":"default"},"type":"media","link_text":null,"attributes":{"alt":"Alan Turing devendeu código na Segunda Guerra","title":"Alan Turing devendeu código na Segunda Guerra","class":"media-element file-default"}}]]Alan Turing é um dos cientistas mais influentes do século XX, pai da computação e da inteligência artificial. É um gênio que também trouxe grandes contribuições para a matemática, biologia e química. Turning também ajudou a decifrar os códigos secretos nazistas durante a segunda guerra mundial. Entretanto, ele parecia sofrer da síndrome de Asperger, que resulta em autismo e assim as relações com outras pessoas eram dificultadas.