10 animais que sobrevivem sem a cabeça

semcabeca think
ThinkStock

O tempo de sobrevivência de um animal depende de como funciona seu sistema circulatório e a dependência do cérebro.

Veja também: 9 animais indestrutíveis

Os humanos precisam que o corpo esteja sempre irrigado pelo sangue, por isso, se cortam a cabeça e impedem a chegada de sangue no cérebro, a morte é imediata.

Mas existem alguns animais que funcionam de forma diferente. Veja a seguir 10 animais que conseguem sobreviver depois ter a cabeça decapitada:10. Baratas[[{"fid":"1007550","view_mode":"default","fields":{"format":"default"},"type":"media","link_text":null,"attributes":{"class":"media-element file-default"}}]]

As principais estruturas da barata não estão na cabeça e, como o sangue não circula tão rápido, ela não sofre hemorragia. O corpo delas não é indispensável do cérebro, já que elas possuem um sistema de ‘backup’. Sem a cabeça, elas conseguem viver ainda cerca de 30 dias, quando acabam morrendo de fome.9. Frango[[{"fid":"1007554","view_mode":"default","fields":{"format":"default"},"type":"media","link_text":null,"attributes":{"class":"media-element file-default"}}]]

A maior parte do cérebro das aves fica na parte posterior da cabeça (na junção com o pescoço) e o resto do seu corpo continua com a circulação de óxigênio por cerca de 20 minutos. Mas o famoso galo “Miracle Mike” (Miraculoso Mike), do Colorado, nos Estados Unidos, ficou mais de um ano vivo depois de ter a cabeça decapitada, fato ainda não explicado pela ciência.8. Cobrashttps://youtu.be/7C8UqgVK4EI

A cabeça de uma cobra continua viva horas após ser separada do corpo e ainda tem a capacidade de causar inúmeros danos. Os reflexos de mordidas continuam fortes o bastante para reagir a algum ataque ou a ameça. Isso acontece porque seu metabolismo é lento e consegue manter os órgãos internos vivos por mais tempo.7. Vermes[[{"fid":"1007552","view_mode":"default","fields":{"format":"default"},"type":"media","link_text":null,"attributes":{"class":"media-element file-default"}}]]

Os invertebrados não são afetados pela perda da cabeça. Eles tem um sistema de regeneração que faz uma nova cabeça crescer no lugar.6. Louva-Deus[[{"fid":"1007547","view_mode":"default","fields":{"format":"default"},"type":"media","link_text":null,"attributes":{"class":"media-element file-default"}}]]

Na época de acasalamento, a fêmea libera um odor para atrair o macho. Ela ataca tudo o que se aproxima dela, inclusive o macho. Para não ser comido, ele precisa agir rápido para fecundá-la. A fêmea come primeiro a cabeça do inseto, e como o cérebro não controla todas as suas funções (controladas pelo abdômen), ele continua vivo e se acasalando.5. Polvos[[{"fid":"1007549","view_mode":"default","fields":{"format":"default"},"type":"media","link_text":null,"attributes":{"class":"media-element file-default"}}]]

O segredo está nos tentáculos, que não dependem do cérebro. Eles possuem neurônios eficientes que continuam respondendo a estímulos e se movimentam mesmo depois que a cabeça é removida.

Leia também: 5 coisas sobre os polvos que você não sabia

4. Moscas[[{"fid":"1007548","view_mode":"default","fields":{"format":"default"},"type":"media","link_text":null,"attributes":{"class":"media-element file-default"}}]]

As fêmeas conseguem andar e voar por dias e até semanas após terem ficado sem a cabeça, e ainda continuam fazendo a sua higienização (aquele ato que aparenta que elas estão esfregando as patas).3. Saposhttps://youtu.be/2YZJt_Bw3eo

Os músculos do corpo dos sapos não exigem um controle do cérebro para funcionar, mas precisam de algum estímulo. Como suas células ficam intactas, as funções continuam normalmente.2. Salamandra[[{"fid":"1007553","view_mode":"default","fields":{"format":"default"},"type":"media","link_text":null,"attributes":{"class":"media-element file-default"}}]]

A salamandra também faz parte do grupo dos animais que conseguem se regenerar.1. Cágados[[{"fid":"1007551","view_mode":"default","fields":{"format":"default"},"type":"media","link_text":null,"attributes":{"class":"media-element file-default"}}]]

São espécies de tartarugas caçadoras que, mesmo com a cabeça arrancada, conseguem se locomover por várias horas e continuam respondendo a estímulos.

Confira também: 7 pessoas com animais ou plantas dentro de si