explore

0s 10 terremotos mais destruidores e mortais da história

terremoto10
Thinkstock

Para que um terremoto seja destrutivo não basta ter muitos pontos na escala Richter, fatores como o tipo de solo, profundidade ou se foi formado um tsunami podem fazer de um pequeno terremoto uma enorme tragédia.

Leia também: Como ocorrem os desastres naturais?

Veja a seguir os 10 terremotos mais destrutivos da história:#10 Tabriz[[{"fid":"1005957","view_mode":"default","fields":{"format":"default"},"type":"media","link_text":null,"attributes":{"class":"media-element file-default"}}]]

Um terremoto que ocorreu em Tabriz, o Irã da atualidade, em 1780, deixou 200 mil mortos. Segundo os critérios usados hoje em dia, o terremoto seria descrito como extremo e sua magnitude foi de 7,7 na escala Richter.  #9 Damghan[[{"fid":"1005958","view_mode":"default","fields":{"format":"default"},"type":"media","link_text":null,"attributes":{"class":"media-element file-default"}}]]

200 mil pessoas morreram no terremoto de Damghan, que aconteceu em 856 d.C. A zona afetada, que hoje também corresponde ao Irã, teve cerca de 300 quilômetros completamente destruídos. Durante anos, ocorreram reflexos do terremoto, aumentando seus danos e impedindo o desenvolvimento da região, que está em cima de várias falhas tectônicas.#8 Hongdong[[{"fid":"1005959","view_mode":"default","fields":{"format":"default"},"type":"media","link_text":null,"attributes":{"class":"media-element file-default"}}]]

Em 1303, em Hongdong, parte norte da China, se deu um terremoto com mais de 200 mil vítimas fatais. Esta região agrícola sofreu graves danos, mas os templos mais importantes da região não desmoronaram, sendo hoje palco de peregrinações religiosas e passeios turísticos.#7 Alepo[[{"fid":"1005960","view_mode":"default","fields":{"format":"default"},"type":"media","link_text":null,"attributes":{"class":"media-element file-default"}}]]

Em 1138, a cidade de Alepo, hoje parte da Síria, foi atingida por um forte terremoto que deixou 230 mil vítimas. Precedido por um terremoto menor no dia anterior, o abalo destruiu quase por completo todas as construções da área.#6 Antioquia[[{"fid":"1005961","view_mode":"default","fields":{"format":"default"},"type":"media","link_text":null,"attributes":{"class":"media-element file-default"}}]]

500 anos antes do forte terremoto que afetou a mesma área no século VI, Antioquia sofreu um movimento telúrico mortal, que levou a vida de mais de 270 mil pessoas em 115. a.C. A Antioquia (que hoje é a Turquia) não só foi atingida por um terremoto, como também por um tsunami gerado por ele, o que aumentou consideravelmente os danos.#5 Antioquia parte II[[{"fid":"1005962","view_mode":"default","fields":{"format":"default"},"type":"media","link_text":null,"attributes":{"class":"media-element file-default"}}]]

Em 526 d.C, quando a Antioquia era parte do Império Bizantino, a área foi atingida novamente por um forte terremoto que deixou cerca de 300 mil mortos. Os danos causados à região não foram provocados apenas pelo terremoto, mas também por reflexos dele que se deram durante um ano e meio.#4 Haiyuan[[{"fid":"1005963","view_mode":"default","fields":{"format":"default"},"type":"media","link_text":null,"attributes":{"class":"media-element file-default"}}]]

Em 1920, a China voltou a ser cenário de um dos terremotos mais terríveis da história, que matou 273.400 pessoas. O forte abalo sísmico teve seu epicentro na zona Haiyuan, localizada no noroeste da China. Seu nível foi considerado catastrófico e suas consequências foram agravadas pelo forte frio de dezembro.#3 Oceano Índico[[{"fid":"1005964","view_mode":"default","fields":{"format":"default"},"type":"media","link_text":null,"attributes":{"class":"media-element file-default"}}]]

Com certeza você se lembra deste terremoto que, em 2004, gerou o tsunami mais famoso da história, catástrofe que matou 280 mil pessoas, principalmente na Tailândia , Indonésia e Sri Lanka. O terremoto se originou na costa oeste de Sumatra, na Indonésia, e foi um dos mais longos da história, durando cerca de 10 minutos.#2 Tangshan[[{"fid":"1005965","view_mode":"default","fields":{"format":"default"},"type":"media","link_text":null,"attributes":{"class":"media-element file-default"}}]]

Um terremoto relativamente recente, cujo número de mortos chegou aos 779 mil. O epicentro do desastre foi Tangshan, no noroeste da China, sendo o abalo sísmico mais destrutivo do século XX. O terremoto foi breve (durou entre 14 e 16 segundos), mas rapidamente destruiu tudo a sua volta. 16 horas depois, um forte reflexo destruiu o que havia sobrado e deixou ainda mais vítimas.#1 Shaanxi[[{"fid":"1005955","view_mode":"default","fields":{"format":"default"},"type":"media","link_text":null,"attributes":{"class":"media-element file-default"}}]]

Em 1556, em Shaanxi, na China, ocorreu o terremoto mais destruidor que se tem registro. Provocou a morte de mais de 830 mil pessoas e a destruição quase total de uma área de 840 quilômetros. 60% da população das zonas afetadas morreu, e o terremoto provocou grandes mudanças geográficas, que modificaram para sempre a paisagem da região localizada no noroeste da China.